(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ribeirão Antas sofre com a poluição

Meio Ambiente Comentários 23 de agosto de 2018

SANEAGO já foi multada, entretanto, o problema continua sem solução


A formação de densas camadas espumosas de origem desconhecida sobre o leito do Ribeirão Antas continua sendo um desafio para as autoridades ambientais do Município. O problema foi denunciado ao CONTEXTO em 2013 e, de lá para cá, pouca coisa, ou quase nada se fez para o seu combate. Tem-se como certo que a origem de tudo seja a Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) da SANEAGO, que fica nos fundos do Bairro Recanto do Sol. A Empresa, inclusive, já foi multada. Recentemente, aplicou-se a ela uma multa no valor de 100 mil reais.
A produtora rural Ana Paula Gomes Batista, que mora às magens do Ribeirão (Fazenda Cachoeira), diz que não só ela, mas todos os habitantes ao longo do trecho sofrem com o problema. “Não usamos a água do Ribeirão para nada, nem para irrigar plantas, pois tememos um problema maior”, diz ela. Ainda, segundo Ana Paula, todos os anos, a partir do mês de junho a espuma começa a aparecer, assustando a todos.
Ela diz, também, que já foram formuladas denúncias aos mais diferentes órgãos que cuidam desse assunto, como as secretarias de Meio Ambiente do Estado e do Município e o Ministério Público, mas a solulção nunca foi apontada. Acrescenta que, além da espuma, a água exala mau cheiro, o que incomada mais, ainda, os moradores da região.

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Audiência pública pode determinar mudanças no Código do Meio Ambiente

07/03/2019

A Prefeitura e o Conselho Municipal de Meio Ambiente vão realizar uma audiência pública para discutir a revisão do Códig...

Projeto prevê o plantio de 87 mil mudas do Cerrado

29/11/2018

Pequi, guapeva, ipê roxo e amarelo, barriguda, araçá do cerrado, bálsamo e jatobá são algumas das espécies nativas do ...

Anápolis terá Centro de Produção de Mudas do Cerrado

23/11/2018

A Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) assinou na últ...

Aprendendo com a natureza e revitalizando o Ribeirão Piancó

08/11/2018

Quem não se lembra, nos anos de 2014 e 2015, da severa crise hídrica vivida no Município de Anápolis? E, naquela mesma é...