(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

RESENHA DE BOLA: Wladimir Araújo:

Esportes Comentários 06 de maro de 2015

Aos 45 anos, o técnico do Anápolis tem um dos maiores desafios da carreira e recebe a reportagem do CONTEXTO no centro de treinamentos do Bairro Boa Vista


Contexto - Qual sua missão após a derrota para o Vila Nova?
Wladimir - Mexer com o psicológico dos atletas. Até os mais experientes estão sentindo esse momento ruim após duas derrotas consecutivas. Vamos trabalhar as partes tática e técnica nesses dez dias de intervalo e, claro, vamos fazer de tudo para melhorar o astral da equipe.

Contexto - Nas suas contas, de que o Anápolis precisa para se classificar?
Wladimir - Serão quatro decisões e a gente tem que ter muita atenção. No ano passado classifiquei o Caldas Novas com 13 pontos. Este ano está mais equilibrado e talvez essa pontuação seja suficiente. Mas, vamos trabalhar para ganhar todos os jogos restantes.

Contexto - A diretoria continua reclamando da divisão de grupos que colocou o Vila Nova na mesma chave. O senhor concorda?
Wladimir - É mais próximo e não tem como fugir da regionalização. Duas camisas fortes e do outro lado, também, têm equipes fortes como Goiânia, o Rio Verde e o próprio Santa Helena que decidiu em 2010 a primeira divisão. Então, o Campeonato é difícil nas duas chaves.

Contexto - O que você pensa no futuro quanto à carreira?
Wladimir - Quero voltar a trabalhar no futebol paulista onde comecei no Marília. Até já tenho empresário além da presença de William Hauptman, preparador físico na comissão técnica, que já trabalhou com Gilson Kleina e deve me ajudar a dirigir uma equipe em São Paulo no segundo semestre.

Autor(a): Humberto Castro

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Corrida de rua

17/05/2018

Esporte mais solidariedade. Uma soma que vem dando certo desde o ano passado, quando a doação de um quilo de alimento não ...

Gerente de futebol não será contratado

17/05/2018

O Anápolis está sem gerente de futebol. Francisco Elísio aceitou a proposta do Sampaio Corrêa (Maranhão) e se desligou d...

Criada escolinha de futsal feminino

10/05/2018

As matrículas para as aulas da Escolinha de Futsal Feminino estarão abertas até o dia 31 de julho. O projeto, desenvolvido...

Anápolis luta de novo contra o rebaixamento

10/05/2018

A situação do Anápolis Futebol Clube é delicada, também, nas categorias de base. Depois de um ótimo trabalho feito por ...