(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Repasses do Bolsa Família cresceram quase 600% em oito anos

Geral Comentários 15 de fevereiro de 2013

Dados disponibilizados pelo portal Brasil sem Miséria revelam que, mesmo com esse aumento, a cobertura ainda não é de 100%


Os valores repassados a Anápolis para o programa Bolsa Família tiveram, num período de oito anos, um crescimento de 598,98%. A informação consta no Portal Brasil sem Miséria, lançado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado em Brasília de 28 a 30 de janeiro último. As informações disponíveis têm como base o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, provido de dados atualizados sobre os brasileiros com renda de, até, meio salário mínimo per capita, inclusive, com dados individualizados sobre quem são, onde moram e o perfil das famílias.
De acordo com as informações do Portal, em relação a Anápolis, o cadastro Único registrou, até dezembro de 2012, um total de 30.723 famílias que recebem algum benefício social do Governo Federal. Só no Bolsa Família, são 13.337 famílias, representando 15,55% da população.
Os valores nominais repassados pelo programa Bolsa Família ao Município tiveram uma evolução surpreendente. Em 2004, o montante foi de R$ 3 milhões, saltando para R$ 9,5 milhões em 2008 e, em 2012, fechou em R$ 18,2 milhões. Somando a esses recursos os repasses do Benefício de Prestação Continuada (BPC), que totalizou mais de R% 53,5 milhões contemplando 8.025 pessoas, o volume de repasses do Plano Brasil sem Miséria para Anápolis, chegou a R$ 71,8 milhões, o que representa, conforme o Ministério, 166,21% do valor transferido pelo Fundo de Participação do Município (FPM), que foi de R$ 43,2 milhões. “Com a ampliação do Brasil Carinhoso, estima-se que os valores recebidos pelas famílias do Bolsa Família aumentarão em 9,47%”, diz o relatório.
O Ministério do Desenvolvimento Social aponta que Anápolis apresenta uma cobertura cadastral “inferior às estimativas oficiais, de modo que, para alcançar todas as famílias em extrema pobreza, é necessário realizar ações de busca ativa para incluir 2.418 famílias”. De junho a novembro do ano passado, o Município inscreveu no Cadastro Único e incluiu no Bolsa Família, 1.037 grupos familiares em situação de extrema pobreza. Consta, ainda, que 386 famílias (1.237 pessoas), mesmo recebendo benefícios do programa, continuavam em situação de pobreza extrema, ou seja, com renda familiar mensal abaixo de R$ 70 por pessoa. “Trata-se de famílias que não têm filhos de 0 a 15 anos e, portanto, não recebem o benefício do Brasil Carinhoso”.

Cobertura
O relatório demonstra que em janeiro de 2013, com as 13.337 famílias registradas no Bolsa Família, o programa alcançou cobertura de 86,07% dentre aquelas com perfil para receberem o benefício. Outro dado é que 86,89% das crianças e jovens entre 06 e 17 anos do Bolsa Família têm registro de acompanhamento escolar. Na área da saúde, o acompanhamento chega a 50,66% das famílias com perfil (aquelas com crianças de até sete anos eou gestantes). Foram identificadas 208 crianças no Bolsa Família em creches da Cidade. Em razão disso, o Ministério suplementou em R$ 139,2 mil o repasse para creches.
“Em janeiro de 2013, a Ação Brasil Carinhoso retirou da extrema pobreza no Município, 1.401 famílias beneficiárias do Bolsa Família com pelo menos um filho de 0 a 15 anos de idade”, conclui o relatório.

Evolução dos repasses do Bolsa Família em Anápolis
2004 - R$ 3,05 milhões
2005 - R$ 6,00 milhões
2006 - R$ 6,86 milhões
2007 - R$ 7,85 milhões
2008 - R$ 9,57 milhões
2009 - R$ 10,85 milhões
2010 - R$ 11,16 milhões
2011 - R$ 14,12 milhões
2012 - R$ 18,27 milhões

Brasil sem Miséria em Anápolis
13.337 famílias registradas (janeiro de 2013)
Repasse total em 2012 - R$ 18.277.408,00
Benefício de Prestação Continuada (BPC) - 8.025 pessoas
Repasses do BPC (2012) - R$ 53.529.538,81
Total de recursos transferidos - R$ 71.806.946,81

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...