(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Reitor fala sobre cancelamento dos concursos da Polícia Civil

Geral Comentários 01 de maro de 2013

De acordo com Haroldo Reimer, foram adotadas uma série de providências para que o caso seja devidamente esclarecido. Ainda não foi fixada data para novas provas


O reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), professor Haroldo Reimer, em coletiva com a imprensa, na última quarta-feira,27, prestou esclarecimentos sobre o cancelamento dos sete últimos concursos realizados pelo Núcleo de Seleção da instituição. A suspensão ocorreu após verificação de um padrão de respostas no gabarito dos certames realizados pela banca da instituição. Conforme o reitor, o fato das repetições coincidiu com a entrada de um novo coordenador acadêmico no Núcleo, que é responsável pelo embaralhamento das questões, que já foi afastado do cargo. “Foi um capricho. Ele quis por meio de um padrão que não houvesse repetição seguida de uma resposta”, afirmou.
Durante a entrevista, Reimer explicou sobre as decisões tomadas conjuntamente entre a Universidade e o secretário de Gestão e Planejamento (Segplan), Giuseppe Vecci. Entre as medidas tomadas estão: solicitação de que Polícia Civil abra inquérito para investigar o fato e também convite para a Polícia Federal que realize investigações; instauração de sindicância interna; afastamento temporário da diretora do Núcleo de Seleção, Eliana Machado Nogueira; troca dos integrantes da coordenação acadêmica do Núcleo de Seleção; suspensão das provas para Agente da Polícia Civil, marcadas para o próximo domingo, dia 3 de março; e repetição da prova teórica para o Instituto Mauro Borges; além da realização de novo processo seletivo para contratação temporária de servidores para Secretaria de Ciência e Tecnologia (Sectec).
O reitor também comentou que um cronograma para novas provas ainda não está definido. “Vamos aguardar os resultados, pelo menos, preliminares das sindicâncias da UEG e também da investigação da Polícia Civil, bem como do inquérito do Ministério Público. Com base nesses resultados é que vamos continuar conversando posteriormente”.
“O problema principal é que há nos gabaritos a repetição de um padrão, que são letras A, B, C, D, faz o retorno D, C, B, A, intercaladas com questões com respostas aleatórias. O fato de existir esse padrão é o problema principal. Nas conversas que fizemos ontem com a equipe do Núcleo de Seleção parece que isso se trata de capricho da pessoa responsável do que dolo ou intenção de gerar dano, como de fato gerou para milhares de pessoas”, ressaltou o reitor, acrescentando que a lógica empregada no embaralhamento gerou um determinado padrão.

Sindicância
O que será verificado, primeiramente, é se além do problema técnico, de não ter observado a regra fundamental de que nos gabaritos deve haver maior grau de aleatoriedade – significa maior mistura possível no gabarito sem haver padrão -, se existe alguma conexão para fora do Núcleo de Seleção. Numa checagem preliminar- afirmou o reitor- realizada nas provas aplicadas no domingo passado, verificou-se que nenhum candidato que participou do certame conseguiu ‘fechar o gabarito’. Isso é um forte indício- disse- de que não houve nenhum vazamento, nenhuma divulgação do gabarito para fora do Núcleo de Seleção.
Com relação a um possível descrédito junto aos candidatos, Haroldo Reimer reconheceu que há um sentimento é de indignação. “Lamento e compreensão pela raiva e revolta das pessoas que vêem suas esperanças frustradas por conta desses eventos relacionados ao concurso. Se alguém, por ventura, desistir de fazer a prova poderá pedir o ressarcimento das despesas de inscrição, mas não poderemos, exceto por decisão judicial, assumir nenhum outro prejuízo que os participantes eventualmente ou certamente tiveram por conta desses cancelamentos”, sublinhou. (Com informações da Agência Goiás Agora)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Prefeitura quer novas regras para a exploração do serviço funerário

27/04/2017

A Prefeitura de Anápolis vai criar novas regras para a exploração do serviço funerário. As atuais são consideradas obso...

Membros do Conselho da Juventude empossados em concorrida solenidade

27/04/2017

Aconteceu na manhã da última terça-feira, 25, no miniauditório da Prefeitura de Anápolis, a posse dos membros do Conselh...

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....