(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Refis: Fazenda Municipal não deve ampliar o prazo para o programa de benefício fiscal

Cidade Comentários 23 de agosto de 2013

Até o dia 29 de agosto, pessoas físicas e jurídicas em débito com a Fazenda Municipal terão a oportunidade de regularizar suas pendências financeiras de dívidas ajuizadas e não ajuizadas com o desconto de juros e multas


Até o dia 29 de agosto, pessoas físicas e jurídicas em débito com a Fazenda Municipal terão a oportunidade de regularizar suas pendências financeiras de dívidas ajuizadas e não ajuizadas com o desconto de juros e multas. É o Refis, programa de benefício fiscal promovido pela Prefeitura de Anápolis com a participação através da Secretaria Municipal da Fazenda e Procuradoria Geral do Município.
O Refis permite a concessão de descontos que vão de 60 a 100% sobre os juros e multas, em débitos municipais contraídos até 31 de dezembro de 2012. A adesão ao programa ocorrerá exclusivamente nas unidades do Rápido, localizadas no Bairro Jundiaí, na Vila Jaiara e no Anashopping, de segunda à sexta-feira das 08 às 19 horas, com atendimento inclusive aos sábados das 08 às 11h30. Para a identificação do débito, os contribuintes deverão portar documentos pessoais e/ou informações das empresas, no caso de pessoa jurídica.
O percentual de desconto varia de acordo com a forma de pagamento optada pelo contribuinte no ato da adesão ao Refis. Para pagamento à vista, ocorre, automaticamente, o perdão integral (100%) dos juros e multas. Quitação entre 02 e 04 parcelas garante 90% de desconto; entre 05 e 15 parcelas, 80%; de 16 a 25 parcelas, 70%; e, por último, para parcelamentos entre 26 e 36 parcelas, ocorre o desconto de 60% dos juros e multas. O parcelamento só não ocorre quando o valor da parcela for inferior a R$ 67,80. Assim, caso a dívida não ultrapasse os R$ 135,60, a quitação do débito só poderá ser realizada à vista.
Vale lembrar que todos os débitos municipais poderão ser renegociados, como IPTU, TSU, ISS, taxas, inclusive multas exaradas por órgãos municipais, dentre outros. Segundo o secretário municipal da Fazenda, José Roberto Mazon, este é o momento para que os contribuintes em débito com a Prefeitura possam regularizar seus acertos fiscais de uma forma facilitada. “É uma ótima oportunidade para a quitação de débitos com o desconto de juros e multas”, disse, apontando sobre a expectativa positiva de incremento na receita do município através das adesões ao Refis.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Oposição e situação criam embate por situação do PETI

19/04/2017

Ao usar a tribuna na sessão de quarta-feira ,19, o vereador Antônio Gomide (PT) falou sobre a necessidade de a gestão muni...

Caixa equilibrado foi a maior conquista, avalia Roberto Naves

12/04/2017

Numa entrevista coletiva, com a presença de quase todos os membros de seu secretariado e de vários vereadores, o Prefeito R...

Prefeitura anuncia revitalização do Mercado Municipal em curto prazo

07/04/2017

O Mercado Municipal “Carlos de Pina” é um dos principais pontos turísticos da cidade e também um local tradicional de ...

Alvará de funcionamento terá rigorosa fiscalização na Cidade

23/03/2017

A Divisão de Fiscalização e Posturas vai desencadear, no início de abril, uma intensa e rigorosa fiscalização em todos ...