(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Recurso destinado a Goiás subirá de 29% para 33%

Geral Comentários 29 de novembro de 2018

Fundo Constitucional Centro-Oeste atende vários setores


Em 2019, os empreendedores goianos contarão com mais recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO) para bancar projetos nas áreas empresarial e rural, inclusive de agricultura familiar. O porcentual do total dos recursos destinados ao Estado, que hoje é de 29%, subirá para 33%, o que poderá significar alguns milhões a mais para fomentar a economia goiana.
A previsão do orçamento do FCO para o próximo ano é de R$ 9,42 bilhões, mas que poderá aumentar de acordo com o crescimento da arrecadação do Imposto de Renda, do Imposto sobre Produtos Industrializados e do retorno das operações já contratadas.
Este ano, o orçamento total do FCO para os três estados (Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul) e o Distrito Federal é de R$ 7,4 bilhões. Goiás ficou com R$ 2,3 bilhões, que já foram todos aplicados, e já recebeu mais R$ 1,3 bilhão, do remanejamento das verbas não utilizadas pelos outros estados.
O anúncio do aumento do porcentual dos recursos do Fundo do Centro-Oeste para Goiás foi feito pelo secretário-executivo do Conselho de Desenvolvimento do Estado de Goiás (CDE/FCO), Agmar Ribeiro dos Santos, após participar da reunião do comitê técnico do Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Condel/Sudeco), realizada em Brasília.
A nova redistribuição dos porcentuais dos recursos do FCO para o próximo ano também beneficiou os Mato Grosso que passou de 29% para 33% e Mato Grosso do Sul, de 23% para 24%. Já o Distrito Federal terá o porcentual do repasse reduzido de 19% para 10%.
A nova reprogramação da distribuição dos recursos do FCO será homologada na reunião ordinária do Condel/Sudeco, no próximo dia 5 de dezembro, em Brasília, em reunião que contará com o ministro da Integração Nacional, Antônio de Pádua, e dos governadores da região, entre eles o de Goiás, José Eliton e o secretário de Desenvolvimento, Tito do Amaral.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Mais de 500 mil empresas são excluídas do Simples Nacional

17/01/2019

Por causa de irregularidades no Simples Nacional, a Receita Federal excluiu 521.018 empresas do programa. Os empresários nã...

INSS divulga calendário de pagamentos para os aposentados

17/01/2019

Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% e...

Turismo goiano será incentivado

17/01/2019

A primeira conversa do novo presidente da Goiás Turismo com empresários, secretários de Turismo e presidentes de Conselhos...

Cadastramento para o Passe Livre começa e terá mais fiscalização

17/01/2019

A Secretaria de Governo anunciou, nesta quarta-feira, dia 16, que fará a verificação minuciosa dos cadastros efetuados no ...