(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Quase 300 toneladas de alimentos foram doadas

Geral Comentários 17 de fevereiro de 2012

Centenas de famílias carentes e mais 90 entidades filantrópicas foram beneficiadas com a iniciativa. Iniciativa é uma ação prática de combate ao desperdício


A Central de Doações, localizada no Mercado do Produtor, tem contribuído para a redução de desperdícios e ajudado na alimentação de centenas de pessoas. O projeto, realizado conjuntamente entre as secretarias municipais do Meio Ambiente e Agricultura e Abastecimento e de Desenvolvimento Social, visa a doação diária de frutas e hortaliças consideradas impróprias para a comercialização, mas adequadas ao consumo.
Os produtos da Central chegam dos boxes dos produtores que frequentam o local. No ano passado, foram arrecadadas e distribuídas 277 toneladas de alimentos a centenas de famílias de baixa renda e a 90 entidades filantrópicas cadastradas pela Diretoria.
No Brasil, segundo dados Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), 26 milhões de toneladas de alimentos por ano são desperdiçadas. Outro levantamento da Embrapa/Ministério da Agricultura estima-se que no país o desperdício de hortaliças chega a 37 quilos por habitante/ano.
Frente a isso, a Central de Doações executa no município uma ação imprescindível para o combate à fome. Os produtos recebidos são selecionados e distribuídos gratuitamente a famílias carentes e entidades socioassistenciais como creches, escolas, asilos, albergues e outras instituições sociais, que oferecem alimentação a pessoas em situação de insegurança alimentar.
Segundo o diretor de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Álvaro Gonçalo, uma nova estrutura para esta finalidade, denominado Banco de Alimentos, com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social, será construída no Mercado do Produtor. “Vamos melhorar substancialmente o procedimento de atendimento às famílias, recepção, seleção, higienização e conservação dos alimentos através de equipamentos adequados e câmara fria. Iremos estreitar ainda mais a parceria com os comerciantes e produtores rurais, aos quais agradecemos pela contribuição”, destaca.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...