(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Qualidade da comida para servidores da Prefeitura causa polêmica em Anápolis

Geral Comentários 19 de agosto de 2011

Empresa que fornece a alimentação para os servidores, admitiu que aconteceram algumas falhas na prestação dos serviços, mas que estará se adequando dentro dos próximos dias


O secretário municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável, Clodoveu Reis Pereira, se reuniu na manhã da última quinta-feira, 18, com a direção da empresa Lorena Santana Rocha-ME e com os encarregados de várias divisões da Pasta, com o objetivo de discutir o problema do serviço de fornecimento de refeições para os trabalhadores que, segundo denúncia feita no início da semana pelo vereador do PMDB, Wesley Silva (PMDB), na tribuna da Câmara Municipal, seria de má qualidade e, em razão disso, muitos estariam jogando a comida fora e, mesmo, passando mal após ingerir os alimentos fornecidos.
O autor da denúncia, inclusive, na sessão de quarta-feira, 17, chegou a levar para o plenário uma caixa e um marmitex com a comida que é repassada aos servidores de vários órgãos da Prefeitura. De acordo com o vereador, a empresa foi contratada para servir em torno de 500 refeições por dia, ao preço de R$ 3,50. Porém, como muitos servidores estariam jogando fora ou mesmo não pegando a comida, “é dinheiro público que está sendo jogado fora”. Ele chegou a afirmar que estava sendo servida comida estragada, carne crua e arroz congelado de véspera, além do acondicionamento inadequado, em caixas de papelão, ao invés de caixas térmicas.
O vereador Sírio Miguel Rosa (PSB), líder da bancada de sustentação do Prefeito Antônio Gomide, que participou da reunião coordenada pelo secretário Clodoveu Reis, a qual teve, também, a presença do vereador Luiz Lacerda (PT), afirmou ao CONTEXTO que a empresa admitiu algumas falhas com relação ao horário de entrega e também quanto ao transporte dos marmitex e informou que estará corrigindo estes problemas o mais rapidamente possível. Sírio Miguel observou, sobre o questionamento da qualidade, que este é um parâmetro que só poderá ser atestado pela área competente, no caso a Vigilância Sanitária. Segundo ele, devido ao grande número de refeições servidas, é normal que haja pessoas que gostem e outras não. Além disso, observou que a própria Vigilância já esteve na empresa e fez notificações para que algumas condutas sejam revistas.
Na sessão de quarta-feira, alguns vereadores chegaram a ventilar a possibilidade de instalação de uma Comissão Especial de Investigação, mas o líder do Executivo ponderou que esta seria uma medida extrema e que poderia não produzir resultado, causando prejuízo à imagem da própria Câmara Municipal.
Insultos
A discussão em torno da alimentação servida aos trabalhadores braçais de vários departamentos da Prefeitura saiu do Plenário “Teotônio Vilela”, na Câmara Municipal e ganhou as ruas e estúdios das emissoras de rádio da cidade. Na quinta-feira o vereador Wesley Silva reiterou as críticas, no que foi contestado, também, pelos microfones das rádios, pelo vereador Luiz Lacerda. O petista disse que Wesley estava “fazendo teatro” e que suas informações eram inverídicas e caluniosas. Em resposta, Wesley disse que Luiz Lacerda era “subserviente ao Prefeito, um verdadeiro empregado da Prefeitura que deveria se preocupar em cumprir o mandato conferido pelo povo”. Os ânimos se exaltaram e o assunto deve ter novos desdobramentos.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...