(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Qual será o maior desafio para a próxima gestão da Cidade?

Política Comentários 21 de setembro de 2012

Moradores de Anápolis opinam sobre as carências a serem combatidas pela próxima administração municipal


Em agosto de 2010 a revista Veja apontou Anápolis como uma das 20 cidades brasileiras do futuro. E, motivos não faltam para isso: a Cidade possui um PIB de 8,1 bilhões de reais, o que faz dela o município mais competitivo, rico e desenvolvido do interior do Centro-Oeste, sendo a principal cidade industrial dessa região. Fica a 54 quilômetros de Goiânia e 139 quilômetros de Brasília, um fator positivo, porque, junto com essas outras cidades, compõe um dos eixos de desenvolvimento de maior potencial do País. O clima também é considerado agradável, especialmente por aqueles que a visitam. A temperatura, ao longo do ano, oscila entre 13,8 e 31,9 graus.
Anápolis possui diversificada indústria, com ênfase para o pólo farmacêutico; a indústria automotiva; o segmento de logística, dentre outros. É o terceiro município do Estado em população e o primeiro no ranking de competitividade e desenvolvimento elaborado pela Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento. O Município, também, sedia uma das mais importantes unidades da Força Aérea Brasileira (Base Aérea de Anápolis - BAAN) e tem um comércio bastante evoluído, além de várias instituições de ensino superior que atraem milhares de pessoas, principalmente jovens, de outras localidades brasileiras.
Anápolis é, de fato, uma cidade pujante. Mas, tem, também, os seus desafios e eles afloram neste período de véspera de eleição, quando os munícipes irão escolher aqueles que defenderão os seus interesses na Prefeitura e na Câmara Municipal. Para conhecer um pouco mais os anseios da população, CONTEXTO conversou com moradores, fazendo uma indagação: - Qual será o maior desafio para a próxima gestão da Cidade?


"Visualmente falando, a Cidade está ficando melhor, e isso é muito bom, com as praças e os parques que foram, e estão sendo, construídos. Isso tem atraído os anapolinos para a prática de esportes ou de se reunirem com a família em um programa diferente, ao ar livre, o que, antes, não existia em Anápolis. Embora isso não seja o mais importante, aí está o desafio para o próximo prefeito da Cidade: dar continuidade a esse trabalho. Mas outros aspectos, como a segurança e a saúde, também, devem ser considerados por que têm deixado muito a desejar. A Cidade tem se tornado maior e, por sua vez, a violência vem acompanhando esse crescimento, o que precisa ser cortado pela raiz!"
Pedro Henrique Oliveira, 21, acadêmico de Direito

"Desde a década de 70 moro em Anápolis. Para o próximo prefeito, uma das maiores dificuldades vai ser manter o padrão da atual gestão, que realizou melhorias consideráveis. Mas, a segurança precisa melhorar, e muito, na Cidade. Em todo lugar podemos ouvir histórias de assaltos e de casos marcados pela violência. A segurança pública deve intimidar mais os bandidos. Além da segurança a área da saúde precisa de melhorias, em especial no atendimento. As pessoas custam a conseguir uma vaga no médico e quando conseguem são destratadas. Não é difícil encontrar pessoas que foram vítimas desse tipo de descaso."
Elizabeth Pereira, 54, dona de casa

"A próxima área que precisa melhorar é a saúde. Mesmo tendo acontecido melhorias, com novos postos de saúde construídos, penso que mais profissionais devem ser contratados a fim de que os cidadãos não fiquem tanto tempo à espera de atendimento, uma vez que ninguém tem hora para ficar doente. A meu ver isso é prioritário. O próximo gestor deve buscar a inclusão da sociedade e que suas diversas comunidades sejam representadas por associações de bairro ou entidades representativas de categorias, como dos pedreiros, dos engenheiros, dos médicos na tomada de decisões. Porque, ninguém melhor que a sociedade, para dizer de que ela precisa e o que almeja. E a Prefeitura tem condições para fazer isso."
Arnaldo Godoy, 53, comerciante

"Eu vejo que muitas coisas boas foram feitas. Mas, acredito que a saúde e a segurança precisam melhorar. Outra coisa que deve ser feita é combater melhor a violência. Os bandidos ficam à espera das vítimas pela Cidade. Embora o que precisava ser feito com maior urgência já foi feito como as praças, recapeamento de ruas, o viaduto, entre outras obras importantes, também acho que mais creches precisam ser construídas em Anápolis pelo futuro prefeito. A população merece esse cuidado. Então, tem muita coisa a fazer, embora muita coisa boa já tenha sido feita. Mas é sempre bom a gente melhorar aquilo que tem e ter mais benefícios"
Eray Farinha, 69, aposentada

“A atual gestão foi muito boa, em minha opinião. Trouxe mais beleza para a Cidade através da construção e da restauração das praças e a construção de algumas obras como o viaduto da Avenida Presidente Kennedy com a Universitária. Só que, por outro lado, vejo que a segurança está deixando a desejar e é necessário um maior cuidado por parte dos gestores da Cidade nessa área, porque é muito preocupante. De que adianta termos praças bonitas e bem estruturadas se não podemos usufruir delas por causa da pouca segurança que temos ao sair de nossas casas? Se esse problema for resolvido no começo, quando a Cidade estiver maior a questão não estará descontrolada."
Romilda Moreira, 49, vendedora

“Vejo que a saúde vem defasada há anos, o que não é somente um problema da atual gestão, o que acontece, também, com a educação. E, todos nós sabemos que com jovens bem formados a criminalidade diminui, por que aumenta a possibilidade de esses jovens terem bons empregos. O maior desafio para o novo prefeito é dar continuidade ao trabalho que vem sendo desenvolvido para que Anápolis figure como uma cidade moderna. Já no esporte, para uma cidade no porte de Anápolis, representada por dois times de futebol, há a necessidade de um maior investimento na estrutura dos estádios e ginásios, como por exemplo o Estádio “Jonas Duarte” que precisa de uma cobertura e reestruturação.”
Ely José Gonçalves, 45, marceneiro

"Ano que vem completo 16 anos e passo a ter o direito de votar o que ainda não vai ser considerado um dever e, sim, uma escolha. A política não me interessa tanto quanto poderia, porque não vejo nela uma preocupação real com as necessidades da população. Mas, mesmo pensando assim, aprovei a construção dos novos parques e praças na Cidade, o que está acontecendo nessa gestão. Hoje tenho a opção de ir com os amigos para lá aos finais de semana e não gastar nada. É uma boa forma de me distrair. Mas, contrariando isso, vem a questão da segurança que precisa melhorar. Nunca fui assaltado, mas conheço diversas pessoas que foram e isso é preocupante"
Lucas Calazans, 15, estudante

Autor(a): Carol Evangelista

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...