(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

PTN anuncia que vai disputar eleição majoritária em Anápolis

Política Comentários 13 de maio de 2016

Partido acena com três nomes para concorrer à Prefeitura: o Deputado Federal Alexandre Baldy; o jornalista Vander Lúcio Barbosa e o advogado Arinilson Mariano


O Partido Trabalhista Nacional bateu o martelo nesta quinta-feira,12: vai, sim, disputar a eleição majoritária (Prefeito), em Anápolis. A decisão foi amadurecida ao longo dos últimos dias, após uma série de reuniões entre as lideranças da direção regional e municipal com os pré-candidatos ao cargo de Vereador. Portanto, uma decisão que saiu da base e que, a partir de agora, começará a ser trabalhada de forma mais efetiva.
O PTN tem três nomes à disposição para a cabeça de chapa. O primeiro nome da lista é o Deputado Federal Alexandre Baldy, que hoje comanda a sigla em Goiás e, pela experiência já adquirida na vida pública, seja como secretário de governo na Pasta de Indústria e Comércio, seja no parlamento federal, onde, apesar de ser “marinheiro de primeira viagem” conseguiu impor seu nome e seu trabalho, inclusive, neste momento de crise política que atravessa o País, é o candidato natural.
A lista tem outros nomes de peso, entre eles, o jornalista Vander Lúcio Barbosa e o advogado Arinilson Mariano. Ambos, nomes novos na política anapolina, assim como, também, o próprio Alexandre Baldy, e que têm condições de ascender numa eventual disputa, pelo trabalho que ambos desempenham não só na vida profissional, mas em vários outros núcleos sociais que participam.
Para Vander Lúcio Barbosa, presidente da Comissão provisória do PTN, hoje com dois vereadores atuantes na Câmara Municipal- Gleimo Martins e Sargento Alberto- e uma chapa competitiva já fechada para concorrer na eleição proporcional, não haveria como o partido fugir à responsabilidade de participar também da eleição majoritária, uma vez que esta linha foi adotada pelo PTN em nível nacional, de se fazer presente nas eleições de Prefeito em município de grande importância e densidade eleitoral. O que é o caso de Anápolis.
A posição do PTN anapolino será comunicada dentro dos próximos dias, à executiva nacional do partido, a fim de consolidar o projeto político que é, sem dúvida, uma “mexida” importante no tabuleiro político local. Até às convenções, o PTN, portanto, irá sacramentar o nome que vai disputar a Prefeitura. A legenda mantém conversa com quatro a cinco partidos que poderão estar juntos na empreitada. Ou seja, numa eleição que promete ser marcada por muitas surpresas e o PTN quer ser uma surpresa positiva para o eleitorado anapolino.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Derrota nas urnas e prisão. O inferno astral vivido por Marconi Perillo

11/10/2018

O ex-governador de Goiás por quatro mandatos, ex- Senador e ex-deputado Federal, Marconi Perillo (PSDB), vive um verdadeiro ...

Bezinho, suplente de Kajuru, fala sobre vitórias e projetos

11/10/2018

Considerado um fenômeno nas urnas das eleições deste ano, o vereador de Goiânia, Jorge Kajuru Reis da Costa Nasser, ocupa...

Vanderlan diz que revisão do pacto federativo é uma das prioridades, caso seja eleito no domingo

08/10/2018

Postulante ao Senado da República, Vanderlan Cardoso (PP) cumpriu uma extensa agenda de campanha em Anápolis, na última te...

Votar nulo ou branco não faz diferença

08/10/2018

Todo ano de eleição surgem as mesmas dúvidas: se mais da metade dos eleitores votarem em branco ou anularem o voto, a elei...