(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

PSD, PHS e PEN formam grupo de olho em 2016

Política Comentários 29 de janeiro de 2015

Denominado “G3- Anápolis Melhor”, o movimento vai realizar uma série de seminários para debater questões importantes do Município


O Partido Social Democrático (PSD), o Partido Humanista da Solidariedade e o Partido Ecológico Nacional (PEN) estão formando o “G3- Anápolis Melhor”, movimento que irá desencadear uma série de encontros para discutir as grandes questões do Município nas áreas de educação, saúde, segurança pública, infraestrutura, dentre outros, com o objetivo de apresentar um projeto à sociedade e, quem sabe, se colocar como alternativa de poder nas eleições “paroquiais” de 2016.
Na noite desta quinta-feira,29, o grupo realizou a primeira reunião com as suas principais lideranças, no Itamaraty Hotel, para o lançamento oficial da frente, encabeçada pelos presidentes locais das legendas: Thiago Souza (PSD), o ex-vereador Domingos Paula de Souza, o Dominguinhos do Cedro (PEN) e o pastor e ex-candidato a Prefeito, Elismar Veiga (PHS).
Em entrevista ao CONTEXTO, o presidente da Comissão Provisória do PSD, Thiago Souza, destacou que o G3 surgiu em face à necessidade de construir um modelo diferente de fazer política em Anápolis.
“Não só aqui, mas em todo País, a prática que existe é a de discutir política somente às vésperas das eleições. E, depois da eleição, em geral, há um desalinhamento dos partidos. Nós queremos inverter essa lógica e fazer um debate antecipado com a sociedade sobre os temas mais relevantes para Anápolis”, explicou o dirigente do PSD.
Ainda de acordo com Thiago Souza, a intenção do movimento é realizar ao longo deste ano 10 seminários, em diferentes bairros da cidade, sendo que, em cada encontro, será tratado um tema específico. Dessa forma- disse – o G3 espera elaborar um projeto consistente que poderá ser a base, quem sabe, para o lançamento de uma candidatura majoritária (Prefeito). Essa hipótese, segundo o presidente do PHS, não está descartada, mas o objetivo inicial é, de fato, estimular o debate das demandas do Município com a comunidade. “Uma eventual candidatura poderá ser uma consequência desse trabalho”, assinalou.
Outro objetivo é editar a Carta de Anápolis, um documento que será construído a partir do diálogo com os diversos setores e segmentos sociais. Também, deve ser trabalhado o fortalecimento dos partidos políticos envolvidos e a respectiva constituição de seus quadros, competitivos e qualificados. E, mais ainda, fomentar uma candidatura majoritária consistente para as eleições de 2016.
Segundo Elismar Veiga, o G-3 é embasado a partir da percepção de que os partidos políticos devem existir para além dos fins eleitorais, mas devem oferecer, à cidade, um debate saudável acerca das politicas públicas em diversas áreas, promovendo, assim, o debate no campo das ideias. “Este ano, enquanto a maioria dos partidos gravitará em torno de nomes, o G-3 pretende oferecer um debate no campo das ideias e ideais. Mais importante do que pensar em nomes é pensar em propostas. Assim, o ambiente político ideal será criado para que os bons nomes possam surgir de forma espontânea e consolidada”, justificou.

Oposição
Questionado se o “G3- Anápolis Melhor”, seria uma frente de oposição ao atual Prefeito, João Gomes (PT), o presidente do PSD enfatizou que o movimento não tem este objetivo e, inclusive, são partidos que estão na base aliada tanto do Governador Marconi Perillo (PSDB), como da Presidente Dilma Rousseff (PT). “Não é um bloco de oposição, é um bloco de proposição, um bloco independente”, sintetizou Thiago Souza.
O primeiro seminário do “G3- Anápolis Melhor” está programado para o dia 05 de março próximo, no setor Calixtolândia. O primeiro tema para debate será a educação.

Seminários
A intenção do G3 é de que sejam realizados, mensalmente, encontros populares nas mais diferentes regiões de Anápolis com o objetivo de debaterem-se temas que agregam a participação popular, tais como: educação; saúde; saneamento; segurança; mobilidade urbana; juventude; desenvolvimento socioeconômico, drogas e sustentabilidade. Ao todo, serão dez reuniões realizadas ao longo deste ano. E, para tanto, foi elaborado um calendário com datas e temas específicos de discussão, conforme quadro abaixo:

Data Local Tema
Dia 05 de março - Bairro Calixtolândia - Educação
Dia 09 de abril - Vivian Park - Saneamento básico
Dia 14 de maio - Filostro Machado - Segurança Pública
Dia 04 de junho - Arco Verde - Saúde
Dia 06 de agosto - Centro - Mobilidade Urbana
Dia 03 de setembro - Faculdade - Políticas para a Juventude
Dia 08 de outubro - Recanto do Sol - Enfrentamento às drogas
Dia 05 de novembro - Centro - Desenvolvimento Socioeconômico
Dia 03 de dezembro - local a definir - Sustentabilidade

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Câmara homenageia professores com a outorga de comendas

20/10/2017

A Câmara Municipa, realizou, na última terça-feira,17, no Teatro São Francisco, sessão solene para a outorga da Comenda ...

Justiça faz trocar armas com defeito

20/10/2017

O juiz de direito da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Ricardo Prata, acatou ação impetrada pelo Governo de Goiás e d...

Governo faz homenagem a jovens com a comenda

20/10/2017

A ação transformadora da juventude e a reafirmação das liberdades democráticas foram destacadas pelo governador Marconi ...

Baldy relata projeto de fiscalização em insntituições financeiras

19/10/2017

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (18), o projeto de lei que aumenta o poder de Banco Central do B...