(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Propostas parcerias para mudar a realidade da Polícia Civil

Geral Comentários 12 de outubro de 2017

Projetos estão sendo entabulados e, se concretizados, colocam Anápolis como modelo em nível nacional


Anápolis poderá ter um modelo de referência para o País, em relação ao atendimento da Polícia Civil, não apenas no que concerne ao seu papel institucional, mas também na parte de infraestrutura e de envolvimento com a comunidade. Os projetos foram apresentados pelo delegado da 3ª Regional, Fábio Vilela, na noite da última quarta-feira, 11, durante reunião com empresários na Associação Comercial e Industrial de Anápolis.
A iniciativa de maior relevância - dentro das ações que estão sendo projetadas para Anápolis - é uma parceria com curso de Tecnologia da Construção Social, desenvolvido pela empresa Tijoleko com alunos de arquitetura da Faculdade Metropolitana de Anápolis (FAMA). No ano passado, inclusive, um primeiro projeto- denominado Casa da Dona Maria - foi realizado com sucesso, transformando a vida de uma moradora da do Jardim Arco Verde.
O projeto de parceria com curso de Tecnologia da Construção Social com a Polícia Civil visa a construção de um prédio anexo à sede da regional, localizado à margem da BR-060, no perímetro do Distrito Agro Industrial de Anápolis. O novo prédio, de acordo com o delegado Fábio Vilela, deve abrigar as unidades especializadas da corporação, com perfil de atendimento regionalizado, ou seja, para as cidades que estão jurisdicionadas à 3ª Regional: Pirenópolis; Corumbá de Goiás; Goianápolis; Abadiânia, Inhumas e Pirenópolis, dentre outras localidades.
O prédio antigo deve passar por reformas e continua abrigando a parte administrativa e passaria, também, a acolher o Programa Investigador Mirim, que já é desenvolvido em Goiânia. Anápolis deverá ser a primeira cidade no interior do Estado a realizar a iniciativa (veja matéria correlata).
Fábio Vilela informou, também, que está encaminhado o projeto para a criação de uma central de atendimento, que deverá ser viabilizada através de uma parceria público-privada. Neste caso, uma empresa irá construir um prédio para esta central e o Estado irá arcar com o aluguel do imóvel. Uma espécie de comodato.
Ainda, em relação ao novo prédio do DAIA, o empresário Luiz Antônio Oliveira Rosa, diretor da empresa Tijoleko, disse que o projeto será lançado oficialmente no dia 19 próximo, às 19 horas, no auditório do SENAC, com a presença de estudantes de outras partes do País que já demonstraram interesse na ação. A ideia é fazer uma grande mobilização para arrecadar recursos para o projeto, cujo custo está estimado em R$ 1,6 milhão. Segundo adiantou, todos os projetos estão praticamente prontos. Além disso, todo o organograma para o desenvolvimento da ação já foi montado. “Já temos a parceria de algumas empresas interessadas em fazer doações de material e estamos abertos para receber novos parceiros”, conclamou.

Praça do
Expedicionário
Em relação ao prédio da Central de Flagrantes na Praça do Expedicionário, na região central, o Delegado Fábio Vilela informou que a intenção é que, com o funcionamento da central de atendimento, o mesmo passe a abrigar apenas os distritos policiais que fazem a cobertura à região mais central da Cidade.
Uma antiga reinvindicação do empresariado e que, agora, se transformou em uma campanha de mobilização da ACIA, pela desocupação da Praça dos Expedicionários, é outro alvo das mudanças na Polícia Civil. De acordo com o Delegado Fábio Vilela, vem sendo trabalhado em níveis municipal e estadual, um projeto para que a gestão dos veículos apreendidos pela Polícia Civil seja transferida para um modelo de gestão municipal e, com isso, deixariam as portas de todas as delegacias. Trata-se de um modelo inovador, totalmente digitalizado e que deve ser referência para o País, caso se concretize. O projeto não irá gerar custo para o Estado. O Município terá um mecanismo compensatório para cobrir despesas e a Cidade ganha com a guarda desses veículos em um local seguro e que não cause transtorno ao trânsito e nem prejudique o urbanismo.
O presidente da ACIA, Anastácios Apostolos Dagios lembrou que a Federação das Indústrias do Estado de Goiás sinalizou a disponibilização de um recurso para a revitalização da Praça do Expedicionário, para uma homenagem ao Capitão Waldyr O’Dwyer, para comemorar o seu centenário. Porém, dois anos se passaram sem que fosse possível a retirada dos veículos do logradouro.

Investigador Mirim
Sobre o Investigador Mirim, o Delegado Fábio Vilela afirmou que o programa será transformado em uma ação de governo. A lei de criação já foi aprovada na Assembleia Legislativa e deverá ser sancionada em breve. O referido programa, segundo ele, visa assistir crianças oriundas de famílias de baixa renda. Eles receberão atendimento multidisciplinar, com atividades desportivas, módulos de ética e cidadania, prevenção ao uso de drogas, bullying, educação alimentar, educação ambiental, educação no trânsito e uso racional das redes sociais. Haverá, também, um módulo voltado ao empreendedorismo.
O programa tem como público alvo as crianças que cursam o Ensino Fundamental e que morem em setores adjacentes à Delegacia Regional. Haverá número limitado de vagas, mas a intenção é de que o atendimento seja ampliado para atender a demanda.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

PROCON vê medidas para impedir os abusos nos preços

16/11/2017

A superintendente do Procon Goiás, Darlene Araújo, afirmou na última terça-feira, 14, que, em conjunto com a Delegacia do...

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

16/11/2017

A Previdência Social é o ombro amigo da população brasileira, e tem como um dos princípios a solidariedade que busca amp...

Conferência debate os rumos da saúde

16/11/2017

A 10ª Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 04, 05 e 06 de dezembro próximo. Na oportunidade, serão de...

Joanápolis sedia a Festa do Milho

16/11/2017

Agregar valor à produção local e movimentar a economia. É com este objetivo que a Prefeitura, via Secretaria Municipal de...