(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto visa levar arte circense aonde o povo está

Cultura Comentários 16 de fevereiro de 2017

A caravana da Cia. Tem Sim Sinhô vai passar na sua cidade nos meses de fevereiro e março


Uma verdadeira caravana da alegria. Assim é o projeto CircoCiente da Cia itinerante Tem Sim Sinhô. Oito cidades do centro goiano foram escolhidas para receber o espetáculo “A brincadeira continua”, que vai ser encenado pelo artista da companhia Israel Stallin (palhaço Siriguela), com a participação de Cosmo Lira (palhaço Sucata), de Juazeiro do Norte-CE. O projeto vai ser realizado nos meses de fevereiro e março começando nas cidades de Ouro Verde de Goiás e Campo Limpo de Goiás, passando depois por Santa Rosa de Goiás, Damolândia, Jesúpolis, Jaraguá, São Francisco de Goiás e finalizando o tour em Anápolis.
O objetivo é viajar o interior de Goiás. “Queremos levar a vivência do circo para lugares aonde geralmente artistas não vão”, esclarece o líder da companhia Israel Stallin, o palhaço Siriguela. “A maioria dos artistas querem ir para os grandes centros, onde tem mais gente e circula mais dinheiro. A gente tá caminhando ao contrário justamente para atingir as cidades em que a arte não costuma chegar”.
A encenação do espetáculo é o ponto alto da visita, mas antes a alegria da companhia já vai tomar conta de cada município através da circulação de carro de som, da realização de uma Feira do Troca, de uma palhaceata, da oficina de artes circenses com bambolê, malabares e perna de pau, além da montagem de um muro de grafite, que é uma arte que vai chegar pra ficar. “Vamos deixar uma mensagem grafitada em todas as cidades, seja de história, arte circense, plantas do cerrado através da intervenção artística com grafite”, diz Stallin.
A companhia ainda abre espaço para o projeto vir de encontro a temas relacionados a assuntos debatidos em sala de aula numa possível parceria com escolas públicas, por exemplo. “Em Campo Limpo vamos fazer um grafite inspirado em Rui Barbosa, que é um assunto que vai ser discutido com os alunos na mesma época”, diz. Outra boa forma de interação com o público é a realização da Feira do Troca. “Vamos trocar informações, ideias e objetos que não servem mais pra uma pessoa, mas ainda são úteis pra outra. Acho que no interior dá pra se trocar de tudo”, finaliza Stallin. Todas as atividades são gratuitas e abertas a toda comunidade.
Cidades onde a caravana vai passar:
Ouro Verde de Goiás – 18/02/2017
Campo Limpo de Goiás -19/02/2017
Santa Rosa de Goiás – 04/03/2017
Damolândia – 05/03/2017
Jesúpolis – 11/03/2017
Jaraguá – 18/03/2017
São Francisco de Goiás – 19/03/2017
Anápolis – 26/03/2017
Programação em cada cidade
09:00 as 12:00 e 14:00 as 16:00
Intervenção artística com grafite (inscrições na secretaria municipal de Educação e Cultura e Secretaria do Colégio)
14:00 as 16:00
Vivencias circenses –
(Bambolê, Malabares e perna de pau)
14:00 as 17:00
Feira do Troca
17:30 – Palhaceata
18:00 – Apresentação do espetáculo
“A Brincadeira continua”
Todas as atividades são gratuitas e abertas à toda comunidade.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cultura

1º Festival do Japão mostra cultura e arte milenares

14/09/2017

A cultura japonesa vai estar mais próxima dos anapolinos, durante este final de semana. De sexta-feira (15) até domingo (17...

Tributo ao grupo ABBA será atração em Anápolis

14/09/2017

Anápolis recebe, no próximo dia 23, o ABBA The History, espetáculo que traz um tributo à banda sueca que foi sucesso mund...

Édipo Rei - O Rei dos Bobos no Parque Ipiranga

08/09/2017

Édipo Rei - O Rei dos Bobos, livremente inspirado no clássico grego Édipo Rei de Sófocles, é o resultado da pesquisa aca...

Inscrições para o festival de Viola e Catira estão abertas

08/09/2017

A manifestação genuína da cultura regional e suas tradições poderão ser vistas de perto em Anápolis. Mais do que isso,...