(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto visa aumentar prevenção e combate ao bullying

Educação Comentários 03 de maio de 2018

Proposta em tramitação na Câmara quer inserir a questão no projeto pedagógico das unidades da rede municipal


Com frequência, a mídia tradiocional e as redes sociais trazem relatos de brigas entre alunos nas escolas, perseguições e agressores a professores e alunos, enfim, o local que deveria ser um campo de paz e de evolução pessoal através do conhecimento, muitas vezes, se transforma em um ambiente hostil e de medo. Muito dessa realidade está ligada ao bullying, que pode ser traduzido como a prática de atos de violência física ou psicológica, de modo intencional e repetitivo, exercida por indivíduos contra uma ou mais pessoas, com o objetivo de intimidar, agredir, isolar, causar dor, angústia ou humilhação à vítima.
Prevenir e combater o bullying é a meta de um Projeto de Lei que está em tramitação na Câmara Municipal, de autoria da Vereadores Progessora Geli (PT). A proposta apresentada pela parlamentar visa institui no Projeto Político Pedagógico (PPP), o programa de conscientização, prevenção e combate ao bullying nas insntituições vinculadas ao sistema municipal de ensino em Anápolis.
Dentre as ferramentas a serem utilizadas para se atingir os objetivos propostos, estão a capacitação de docentes e equipe pedagógica para a implementação das ações de discussão, prevenção, orientação e solução do problema; inclusão de regras contra o bullying no regimento interno da escola; orientação às vítimas de bullying, visando a recuperação de sua autoestima para que não sofram prejuízos em seu desenvolvimento escolar; orientação aos os agressores sobre as consequências de seus atos, visando torna-
los aptos ao convívio em uma sociedade pautada pelo respeito, igualdade, liberdade, justiça e solidariedade; e o envolvimento da família no processo de percepção, acompanhamento e crescimento da solução conjunta.
Ainda, conforme o projeto, as escolas deverão manter relatório do histórico das ocorrências de bullying, das ações propostas e resultados alcançados, em suas dependências, devidamente atualizado. Quando necessário, a direção escolar deve encaminhar o (s) autore (s) de bullyng para atendimento profissional especializado, quando necessário. O Poder Executivo poderá regulamentar, através de Decreto, as ações a serem desenvolvidas dentro do Projeto Político Pedagógico -PPP, como palestras, debates, distribuição de cartilhas para orientação aos pais, alunos e professores, entre outras iniciativas.
“O Programa tem por finalidade extinguir o ambiente opressivo que circunda os adolescentes e a agressividade entre os alunos e professores. O compromisso na elaboração de ações e providências a serem tomadas em conjunto com o intuito de inibir
as práticas de violência e o bullying, incentivando as crianças e adolescentes a se manterem longe das drogas e da violência”, defende a autora, na justificativa do projeto, destacando que “as rondas escolares, sistema de vigilância por câmeras e proteção dos prédios com muros altos, grades e cadeados são muito importantes também e contribuem para a segurança do alunos, mas apenas com a mudança de atitude e comportamento dos próprios alunos a escola terá um ambiente salutar e tranquilo como deve ser”.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Educação

Ciências Ambientais - UniEVANGÉLICA tem aula inaugural do Mestrado e Doutorado da matéria

22/03/2019

O Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA dá mais um passo importante para se transformar em uma universidade....

FAEG Jovem leva horta comunitária a escola pública

22/03/2019

No dia 18 último, o grupo Faeg Jovem, da Federação da Agricultura do Estado de Goiás, esteve pela manhã na Escola Munici...

Saúde na Escola conta com 100% de adesão em Goiás

15/03/2019

Os 246 municípios goianos se cadastraram no Programa Saúde na Escola com apoio da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás ...

Institutos Federais vão formar novos agentes digitais

07/03/2019

Os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia (IFs) terão até 29 de março para aderir ao Programa Nacional d...