(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto social realiza exposição artística no Espaço Dulce de Faria

Cidade Comentários 17 de junho de 2016

Gilverson dos Santos, que pinta telas com a boca, mostrou a versatilidade e sensibilidade artística na mostra


Na última terça-feira,14, o projeto CONTEXTO IN de inclusão social realizou uma exposição com o artista plástico Gilverson dos Santos. O evento aconteceu no Espaço de Eventos “Dulce de Faria”, com a presença de cerca de 80 pessoas, representando vários segmentos da comunidade local.
Na oportunidade, Gilverson dos Santos apresentou várias telas de sua autoria, trabalho que ele realiza com a boca. Inclusive, ele deu uma demonstração no local que surpreendeu os presentes pela agilidade, técnica e sensibilidade artística. “Mais uma porta que Deus abriu de muitas. Estou muito feliz com a oportunidade que o Jornal Contexto está me dando de mostrar meu trabalho”, relatou Gilverson em sua página no Facebook, completando: “Estou muito grato a todos que foram, e todos que fizeram acontecer meu vernissage”.
A abertura do evento foi feita pelo coordenador do projeto, professor Nilton Barbosa, que falou da importância deste espaço aberto pelo Jornal Contexto, para que as pessoas portadoras de deficiência possam mostrar e divulgar seus talentos, seja nas artes plásticas, na música, no artesanato e demais manifestações artísticas.
O diretor do Jornal Contexto, jornalista Vander Lúcio Barbosa salientou que a intenção é realizar várias atividades como esta. “Ficamos muito felizes em proporcionar um espaço para que pessoas como o Gilverson Santos possam mostrar não só o seu talento artístico, mas o seu exemplo de vida e de superação”, ressaltou.

História
No dia 17 de outubro de 2004, quando passeava em uma fazenda no distrito de Interlândia, Gilverson pulou de um barranco para mergulhar. O local onde terminou o salto tinha pouca água e ele bateu a cabeça contra rochas, fraturando duas vértebras. Seus movimentos das pernas e braços ficaram comprometidos e, hoje, ele se locomove por meio de uma cadeira de rodas. Gilverson não se acomodou e, quando ainda fazia tratamento, começou a pintar utilizando a boca. Depois, ingressou na Escola de Artes “Osvaldo Verano” e, desde então, vem dando vazão a este dom.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...

Escola de Pais promove evento para a família

18/05/2017

A Escola de Pais do Brasil (EPB) – Seccional Anápolis- realiza no próximo dia 26, a partir das 19h30, o 31º Seminário R...

Presidente do Tribunal de Justiça visitou a Base Aérea

11/05/2017

O comando da Base Aérea de Anápolis, agora denominada Ala 2 de Anápolis - Otávio Lage de Siqueira -, recebeu, na segunda-...

ABIH quer pressa para Centro de Convenções e Aeroporto de Cargas

04/05/2017

O momento vivido pela rede de hotelaria de Anápolis foi debatido no Denali Hotel na manhã do último dia 28 de abril, em ma...