(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto Social de Judô beneficia 650 crianças em Anápolis

Esportes Comentários 30 de abril de 2015

Ação é desenvolvida pela Federação Goiana de Judô, em parceria com a Prefeitura de Anápolis e o Governo do Estado


A Federação Goiana de Judô (FEGOJU) mantém, em parceria com a Prefeitura de Anápolis e o Governo Estadual, um projeto que beneficia 650 crianças. Os alunos, que praticam a modalidade esportiva em clubes e academias da cidade, recebem todo o uniforme e estrutura de treino necessária. Com sede em Anápolis, a FEGOJU possui aproximadamente, em todo o estado, 40 entidades filiadas. Cerca de 10 estão localizadas em Anápolis
Para o presidente da Federação, Josmar Amaral Gonçalves, o trabalho social desempenhado é “importantíssimo”. Ele enfatiza a importância do Judô para a formação do caráter. E compara o desenvolvimento deste esporte no Brasil e no Japão, para exemplificar: “Nós vemos culturas diferentes. Um país que é focado no futebol – não desmerecendo o esporte - mas nós estamos preocupados com o lado educativo. O Japão, um país superdesenvolvido, que foca o judô como um meio, ferramenta de educação”, menciona.
Crianças entre seis e 14 anos participam deste projeto de inclusão social. Os professores e o aluguel dos locais de treinamento são custeados pela iniciativa. Para Josmar, “o principal objetivo o Judô é educar”. Entre as principais metas da ação social promovida por este esporte, em Anápolis, está a diminuição dos fatores de risco para crianças e adolescentes. Thiago Souza, 32, servidor público da saúde em Anápolis, luta Judô desde os seus 10 anos de idade.
Ele enxerga este esporte como “transformador de vidas”. Ele, que, na década de 90, foi campeão goiano, sabe que este o judô traz “uma filosofia de vida muito forte” e que “ajuda na formação”. “Os Pais (dos alunos) começam a ver a mudança, a transformação através do esporte. É uma filosofia de vida, que traz a educação, que traz a formação”, diz. Quem pratica este esporte, conforme destaca, “tem uma base para continuar na vida”.
O presidente da Federação Goiana de Judô, Josmar Amaral Gonçalves, continua defendendo a importância do Judô para os pequenos lutadores. “Esses meninos, ao invés de focarem em atividades que não seriam educativas, estão com as mentes voltadas para o esporte”, afirma. Os participantes do projeto devem apresentar bons rendimentos escolares e ter bom comportamento. Os professores de Judô cobram estes quesitos constantemente.
A Confederação Brasileira de Judô doa, anualmente, seis passagens aéreas para um técnico goiano e atletas do estado que participam do Campeonato Brasileiro. Os uniformes, agasalhos, camisetas e demais itens de treino e luta são disponibilizados pelo Governo do Estado. A Prefeitura oferece um valor financeiro para manter a iniciativa da Federação Goiana. Ele lamenta, porém, a baixa participação do empresariado no projeto. E destaca que muitas empresas patrocinam times de futebol e deixam de investir em outras modalidades. Josmar também destaca que “falta apoio político”, para o desenvolvimento do Judô.

Judô em Anápolis
Além do projeto social, a Federação Goiana de Judô incentiva a prática esportiva de alto rendimento, para que atletas goianos possam ser destaques em competições nacionais. O Campeonato Estadual de Judô possui oito etapas, sendo quatro delas realizadas em Anápolis. Na disputa dos regionais, que são seletivas para o Campeonato Brasileiro, Anápolis faz parte da região que inclui os estados do Centro-Oeste brasileiro, além, do Tocantins e Acre.
Cem atletas goianos representaram o Estado, de 17 a 19 de abril, no Campeonato Brasileiro de Judô – região VI, realizado em Campo Verde (MT). Os judocas trouxeram 40 medalhas para Goiás, sendo sete de ouro, 16 de prata e 17 de bronze. Os anapolinos Roberta Rodrigues (sub 15) e Hérlio Mariano Bastos (sub 13) garantiram o ouro para Anápolis. Goiás ficou na 3ª colocação geral do torneio.
Lutar “por amor”
O anapolino Hérlio Mariano Bastos de Morais Junior possui apenas 11 anos e já carrega medalhas importantes no peito. Foi bronze no Campeonato Pan-americano de Judô realizado no ano de 2014, em Porto Rico. Também foi ouro no Brasileiro de 2014, realizado em João Pessoa (PB). Ele carrega outros títulos, como o de campeão da Copa Palmas (2014) e o Regional de 2014. O garoto destaca e o que mais gosta no esporte: “os golpes, que são muito legais”.
Para ele, o Judô ensina “muita educação e respeito pelos próximos”. Para ser um campeão, de acordo com sua opinião, o judoca precisa , além de ter educação e respeito e treinar”. Ele treina em torno de duas horas por dia. Seu sonho? “Ser campeão olímpico”. Seu pai, Herlio Bastos, o ajuda no que pode, “dando motivação”. Ele compara o Judô com outros esportes: “O futebol machuca muito, e o judô não machuca tanto. E dá educação e respeito. E eu nunca vi um jogador com muito respeito”.
Outros tipos de luta também são citados por ele: “Acho que menino entra na academia de Jiu Jitsu, aí já vai direto ensinando chave-de-braço, é muito perigoso”, cita. Ele ainda não acredita que o Judô possa se tornar o principal esporte no país. “Eu acho que não, porque os meninos só querem saber de futebol”, destaca. Hérlio reconhece que gosta de futebol e até joga um pouco, mas o esporte que fala mais alto, com certeza, é o Judô. Quando questionado o porquê de gostar tanto deste esporte, ele responde: “Por amor”.

Outros títulos – Hérlio Bastos de Morais Junior
Tricampeão (2011, 2012 e 2013) dos Jogos da Primavera
Tetracampeão (2011, 2012, 2013 e 2014) dos Jogos Abertos de Anápolis
Tricampeão (2012, 2013 e 2014) do Campeonato Goiano de Judô, na sua categoria
Campeão da Copa Nacional Minas Tênis Clube (2014), em Minas Gerais
Campeão Brasileiro Regional (GO,TO, DF, MT, MS, RO e TO) em 2014, no torneio disputado em Ji Paraná-RO
Campeão Brasileiro (27 estados participantes) de 2014, em competição ocorrida em João Pessoa-PB
Campeão do Circuito de Judô em Palmas-TO, ocorrido no final de semana passada.

Autor(a): Felipe Homsi

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Arena chega em seis finais

18/05/2017

CONFIRA OS RESULTADOS: Representante anapolino se destaca no Campeonato Metropolitano de futsal SUB-8 CAMPEÃO A.D.Arena/B...

FC Porto contrata Galeno em definitivo

18/05/2017

O Futebol Clube do Porto vai exercer a opção que detinha sobre o jogador Galeno, emprestado pelo Grêmio Esportivo Anápoli...

Rubra com o time quase definido para o início da Divisão de Acesso

18/05/2017

A diretoria da Anapolina não mediu esforços para montar um time forte visando o Campeonato Goiano da Divisão de Acesso e, ...

Anápolis estreia com elenco reformado

18/05/2017

O Campeonato Brasileiro da serie ‘D’ vai começar com 68 equipes de todos os estados do Brasil e mais o Distrito Federal ...