(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto Setorial quer fortalecer indústria moveleira

Economia Comentários 19 de abril de 2013

Iniciativa do Sebrae, com apoio do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário visa impulsionar e dar mais competitividade ao setor


O diretor do Sindicato das Indústrias da Construção e do Mobiliário de Anápolis (SICMA), Marcos Vinícios Pereira de Carvalho, relatou durante a reunião ordinária da entidade, realizada no último dia 16/04, a visita feita no início do mês por empresários de Anápolis ao pólo moveleiro criado no Município de Senador Canedo.
De acordo com Marcos Vinícios, a visita foi coordenada pelo Sebrae que, em parceria com o SICMA, está desenvolvendo o Projeto Setorial da Indústria Moveleira de Anápolis e região. Conforme narrou, o pólo em Senador Canedo é gerido por meio de uma associação e já conta dentro de sua estrutura com posto de combustível, restaurante, creche, área desportiva e de lazer, centro de treinamento e outros benefícios. A visita contou com a participação de representantes da Prefeitura de Senador Canedo e do presidente do Sindicato das Indústrias de Móveis e Artefatos de Madeira de Goiás – Sindimóveis, Pedro Silvério.
Depois de conhecerem o pólo de indústrias moveleiras de Senador Canedo, o grupo de empresários anapolinos, juntamente com o consultor do Sebrae, Arildo Costa, se deslocou para uma reunião na Goiásindustrial, a companhia do Governo do Estado que é responsável pela criação e manutenção dos distritos industriais de Goiás. Lá, o presidente da empresa, Ridoval Chiareloto, se mostrou entusiasmado com o Projeto Setorial da Indústria Moveleira de Anápolis. Durante a reunião, houve a sugestão de um estudo para a criação de uma área que possa abrigar empresas do pólo anapolino.
Para Marcos Vinícios, o ponta-pé para o projeto setorial foi dado e a expectativa é que haja adesão das empresas do setor. Conforme explicou, a iniciativa visa criar meios para tornar a indústria moveleira da região mais competitiva, através do fomento à qualidade, melhoria nos processos de gestão dos negócios e outros incentivos. O Sebrae, disse, está totalmente empenhado em viabilizar o projeto, com o apoio do SICMA.
A criação do pólo moveleiro foi também assunto de reunião na Associação Comercial e Industrial de Anápolis (Acia), que vê com bons olhos a iniciativa de se criar mecanismos de apoio ao setor que, hoje, na região, conta com cerca de 200 indústrias, entre grandes, médias, pequenas e micro empresas.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...