(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto será debatido em audiência pública

Geral Comentários 16 de maro de 2012

Para viabilizar o empreendimento, é necessário uma mudança na legislação local que estabelece o mapa do perímetro urbano


Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano Sustentável, realiza no próximo dia 27, Audiência Pública para implantação do Parque Tecnológico de Anápolis. O objetivo da iniciativa é a alteração do perímetro urbano, necessária para a concretização do projeto. O evento acontece às 18 horas, na Câmara Municipal de Anápolis.
Segundo informações da Pasta, para a execução do projeto de implantação do Parque Tecnológico, a área escolhida deve estar localizada no perímetro urbano do município, portanto, é necessária nova alteração na Lei nº 130/2006, que trata do assunto. A proposta já foi encaminhada ao Núcleo Gestor de Planejamento Urbano e Controle do Plano Diretor (NGPPD) e ao Conselho Municipal da Cidade de Anápolis (COMCIDADE), que encaminhará o projeto com as modificações prevista, para aprovação na Câmara Municipal de Anápolis.
A implantação do Parque Tecnológico de Anápolis atende a uma agenda estratégica de desenvolvimento local e regional e tem como objetivo servir de instrumento para dinamizar a economia, agregando-lhe conteúdo de conhecimento, fortalecer a cooperação universidade-empresa e buscar o intercâmbio de conhecimento e tecnologia em diversos setores.
A implantação de Parque Tecnológico do Centro-Oeste em Anápolis deverá atender os requisitos e objetivos estabelecidos pelo Decreto Estadual nº 7.371, que institui o Programa Goiano de Parques Tecnológicos (PGTec). Com essa iniciativa, a Prefeitura, irá fortalecer o sistema regional de inovação e lançar bases para economia do futuro, baseada em atividades intensivas em conhecimento, criar as condições para projeção nacional e internacional de demanda qualificada, sensibilizar os jovens para desenvolvimento de carreiras científicas e incentivar a formação em área estratégicas, alinhadas aos desafios regionais. Além disso, a implantação do programa vai gerar emprego e renda de elevado padrão, com efeito, na dinamização da economia.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Mais de 500 mil empresas são excluídas do Simples Nacional

17/01/2019

Por causa de irregularidades no Simples Nacional, a Receita Federal excluiu 521.018 empresas do programa. Os empresários nã...

INSS divulga calendário de pagamentos para os aposentados

17/01/2019

Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% e...

Turismo goiano será incentivado

17/01/2019

A primeira conversa do novo presidente da Goiás Turismo com empresários, secretários de Turismo e presidentes de Conselhos...

Cadastramento para o Passe Livre começa e terá mais fiscalização

17/01/2019

A Secretaria de Governo anunciou, nesta quarta-feira, dia 16, que fará a verificação minuciosa dos cadastros efetuados no ...