(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto estimula aprendizado das ciências exatas

Cidade Comentários 08 de abril de 2011

O desenvolvimento sustentável é uma das vertentes mais importantes das atuais políticas públicas. Sua consolidação representa, inclusive, o aperfeiçoamento do ensino de ciências nas escolas, bem como a produção e a difusão de tecnologias e inovações


O desenvolvimento sustentável é uma das vertentes mais importantes das atuais políticas públicas. Sua consolidação representa, inclusive, o aperfeiçoamento do ensino de ciências nas escolas, bem como a produção e a difusão de tecnologias e inovações.
Na última década, o município de Anápolis apresentou um desenvolvimento acima da média nacional. Para manter esse crescimento, a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação idealizou o projeto Excelência em Matemática, em parceria com o Curso de Matemática da Universidade Estadual de Goiás e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.
O projeto, segundo explica o secretário Fabrízio de Almeida Ribeiro, consiste na realização de desenvolve oficinas dinâmicas e atrativas, com o intuito de estimular o estudo da Matemática e demais Ciências Exatas, “fundamentais para o alicerce de uma sociedade pautada na ciência, tecnologia e inovação”, ressaltou.
A coordenadora do Núcleo de Divulgação e Popularização da Ciência da Secretaria, Olira Saraiva Rodrigues, explica que o projeto é dirigido aos alunos de 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e aos alunos do Ensino Médio dos PETIs - Programa de Erradicação do Trabalho Infantil, matriculados em escolas públicas municipais e estaduais.
Fabrízio e Olira destacam que, com a primeira etapa concluída, o projeto atendeu 180 jovens nas unidades do PET dos setores: Bom Clima, Shekiná, Vila Mariana, Recanto do Sol e Vila Formosa. “Um compromisso de construir a melhoria do estudo da matemática, visando à importância para a construção de jovens talentos, em incentivo para o ingresso nas áreas científicas e tecnológicas”, sublinhou o secretário, acrescentando que, dessa forma, “estimula-se a preparação do indivíduo para uma sociedade de forma mais crítica e autônoma, capaz de adaptar-se às novas necessidades presentes nesse novo contexto atual, o que torna o ensino mais significativo e eficaz”.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...