(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Projeto do COMDEFESA começa a sair do papel

Geral Comentários 29 de maro de 2019

Projeto engloba indústrias escolas logística empresarial ligada à segurança como um todo


A definição de um grupo executivo para administrar uma estrutura voltada para a indústria da defesa, será a concretização da ideia que ganha corpo a cada dia. Dentro do slogan “Do alfinete ao foguete”, idealizada pela Associação Comercial e Industrial de Anápolis, a proposta foi “comprada” pela Prefeitura, Governo Estado, Federação das Indústrias de Goiás. Depois, ganhou mais espaço, com seus representantes sendo recebidos no escalão Federal, como ministérios, diretoria se secretaria ligadas à Presidência da República.
O Presidente da ACIA e coordenador do grupo idealizador, empresário Anastácios Apostolos Dagios, disse ao CONTEXTO que o projeto está fixado em quatro pilastras, todas já em trabalho de definição, sendo a primeira, a destinação de parte da área, hoje ocupada pelo Centro de Convenções, para a implantação de um Parque Tecnológico, que inclusive, já tem propostas de parcerias com grandes empresas, dentre elas, a AKAER, que ancora parte da antiga estrutura da EMBRAER, que já demonstrou vivo interesse em criar um projeto específico para Anápolis.
Outra vertente, também já encaminhada, seria a redefiniçao do projeto original do Aeroporto Internacional de Cargas, com ele podem do operar como sítio de treinamento aeronáutico e como terminal de passageiros.
A terceira variante seria a destinação de parte (provavelmente a metade) da área da Plataforma Logística Multimodal, que tem cerca de dos milhões de metros quadrados, para a implantação de projetos voltados para a indústria da defesa. E, finalmente, a criação de dispositivos que incentivem a implantação de propostas econômicas, tanto de parte dos governos Municipal e Estadual, quanto do Governo Federal, dentro de uma política de atração de novos investimentos.

A proposta
Segundo Anastácios Apostolos Dagios, esta proposta em nada afetaria o projeto original do Centro de Convenções. Aliás, auxiliaria na sua manutenção, uma vez que o grupo gestor se encarregaria de parte, ou de toda a despesa de manutenção do imóvel que poderia sediar eventos, como convenções, festivais, exposições e seminários sem qualquer prejuízo. Disse, mais que a ACIA não é dona do projeto, pois ele transcende os interesses municipais e é visto como uma tábua de salvação para a economia de Goiás. Este assunto foi levado ao, então, candidato ao Governo de Goiás, Ronaldo Caiado, que o aprovou na integralidade. Também o Prefeito de Anápolis, Roberto Naves, se mostrou simpático a ele desde o início. Para Anastácios, o objetivo, agora, é apresar a ideia, uma vez que outros estados e outros municípios têm demonstrado interesse em desenvolver projeto semelhantes. Um documento com a assinatura de várias lideranças políticas e empresariais de Anápolis e de Goiás, vai ser encaminhado ao Governador Ronaldo Caiado, solicitando prioridade para o COMDEFESA.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Copa Sesc recebe inscrições até o dia 25 próximo

17/04/2019

Um dos maiores eventos esportivos no Estado, a Copa Sesc já está com inscrições abertas para esportes coletivos e individ...

Policial de Anápolis está no epicentro da crise entre o STF e a Procuradoria

17/04/2019

Um policial civil de Anápolis está entre os investigados no inquérito aberto pelo ministro do Supremo tribunal Federal, Al...

Procon alerta sobre preço de peixes

13/04/2019

Tradicional, a Semana Santa está chegando e a tendência é de aumento da demanda por pescados. Por isso, a Secretaria Munic...

Cadin Estadual tem quase 130 mil inscritos

13/04/2019

O Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais, o Cadin Estadual, completou, recentemen...