(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Produtores do Ribeirão João Leite terão incentivo

Meio Ambiente Comentários 06 de dezembro de 2013

Cada um receberá o valor de R$ 1 mil pelo compromisso de ajudar a cuidar do manancial


Os primeiros proprietários de terras vão receber os pagamentos dentro do Programa Produtor de Água do João Leite. Uma solenidade vai acontecer às 14 horas do próximo dia 17, no Auditório Mauro Borges, no Palácio Pedro Ludovico, em Goiânia, onde serão entregues os cheques aos produtores rurais.
Os pagamentos são de R$ 1 mil para os produtores cadastrados ao programa. Eles estão comprometidos com a preservação das nascentes d’água em suas propriedades. Para o secretário do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Leonardo Vilela, este não é o primeiro programa do gênero no Brasil, mas é o maior do País, pois abrange sete municípios e mais de 700 produtores rurais, beneficiando diretamente mais de dois milhões de habitantes da Região Metropolitana de Goiânia que receberão água da represa do João Leite.
O Programa Produtor de Água do Ribeirão João Leite é uma parceria entre a Agência Nacional de Águas (ANA), Ministério Público de Goiás, Ibama, UFG, Faeg, prefeituras de Goiânia, Anápolis, Nerópolis, Teresópolis de Goiás, Ouro Verde de Goiás, Campo Limpo de Goiás, Goianápolis e o Governo do Estado, por meio da Semarh, Seduc, Secidades, Seagro, Agetop, Saneago, Agrodefesa e Emater. É um projeto que tem como objetivo pagar os produtores rurais pela recuperação, proteção e conservação do meio ambiente. Pode participar qualquer produtor rural que tenha a sua propriedade dentro da área da Bacia do Ribeirão João Leite.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Meio Ambiente

Projeto prevê o plantio de 87 mil mudas do Cerrado

29/11/2018

Pequi, guapeva, ipê roxo e amarelo, barriguda, araçá do cerrado, bálsamo e jatobá são algumas das espécies nativas do ...

Anápolis terá Centro de Produção de Mudas do Cerrado

23/11/2018

A Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) assinou na últ...

Aprendendo com a natureza e revitalizando o Ribeirão Piancó

08/11/2018

Quem não se lembra, nos anos de 2014 e 2015, da severa crise hídrica vivida no Município de Anápolis? E, naquela mesma é...

Plano de Manejo da APA entra para a fase final

25/10/2018

A empresa catarinense de engenharia e projetos STPC promoveu em Anápolis no dia 24 deste mês, a última oficina participati...