(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Produtores de audiovisual premiados recebem diploma de Destaque Cultural

Geral Comentários 18 de novembro de 2011

O diretor do curta “Julie, Agosto, Setembro”, o anapolino Jarleo Barbosa e Simone Caetano diretora do curta-metragem “Verde Maduro”, foram os agraciados


Membros da Unidade Universitária da UEG Laranjeiras, em Goiânia, mais uma vez têm destaque pelas suas produções. A professora Simone Caetano e o egresso da primeira turma do curso de Audiovisual, Jarleo Barbosa, foram homenageados pelo Governo do Estado de Goiás com o diploma Destaque Cultural do Ano na área de Audiovisual. A cerimônia aconteceu na última quinta-feira, 17, na Sala Gercina Borges Teixeira, no Palácio das Esmeraldas.
Jarleo Barbosa foi diplomado pelo curta-metragem “Julie, Agosto, Setembro”, dirigido por ele, mas produzido em conjunto com a Panacéia Filmes - produtora constituída por ex-acadêmicos da UEG Laranjeiras. O curta, lançado em março deste ano, utiliza de um roteiro conciso e inteligente para contar a história da suíça Julie, que acaba de se mudar para Goiânia e que pouco a pouco vai entendendo a cidade até, por fim, se transformar uma parte dela. O filme foi realizado de forma colaborativa e sem o apoio de editais ou leis de incentivo.
Apesar de recente, a produção goiana já tem um longo histórico de participação em festivais de cinema em todo Brasil. Estão na lista o Festival de Cinema de Gramado, Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte, Cine Ceará – Festival Ibero Americano de Cinema, Jornada Internacional de Cinema da Bahia, Cine OP – Mostra de Cinema de Ouro Preto, Festival de Cinema de Cascavel, Mostra de Cinema e Vídeo Brasileiro de Santo André, Festival de Cinema de Triunfo, Festival Curta Canoa, além do Goiânia Mostra Curtas e da Mostra ABD Cine Goiás, realizada durante o FICA.
“Julie, Agosto, Setembro” não só participou de festivais como também já recebeu diversos prêmios, como de melhor direção e melhor edição no Curta Taquari, além dos prêmios de melhor atriz, de melhor filme na opinião do júri e do voto popular no Cine Mube. A premiação mais recente foi durante a sétima edição do Festival Brasileiro de Cinema, o FestCine Goiânia, onde a produção ganhou os prêmios de Melhor Curta-Metragem Goiano e o Prêmio Estímulo.
A professora Simone Caetano também será homenageada pelo curta-metragem “Verde Maduro”, lançado em 2011. O filme conta a história de Minduim, um garoto de 11 anos, que ao invés de entregar as cartas de amor que seu irmão escreve para uma moça da cidade, entrega-as para sua professora de piano, por quem nutre uma paixão. O filme da docente já foi premiado na 9ª Mostra da ABD Cine Goiás, durante a última edição do FICA, nas categorias de melhor ficção, melhor ator e atriz, além de receber uma menção honrosa pela participação do ator mirim Mateus Aluísio. Em 2011, o curta já participou de festivais nacionais e internacionais, como o Tranz Cine Brazil Festival (realizado na Tanzânia, África), mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, Festival de Cinema de Triunfo, Festival de Cinema na Floresta, Festival de Cinema Curta Amazônia.
Simone Caetano é professora universitária e é uma das responsáveis por trazer ao circuito local nomes de novos profissionais que vêm contribuindo com o desenvolvimento do audiovisual goiano.
”Esse momento é a coroação de um trabalho que vem sendo desenvolvido há anos. A contribuição dada por Jarleo Barbosa e pela professora Simone Caetano ao audiovisual em Goiás transcende as fronteiras do curso e do Estado e ganha uma dimensão compatível com a responsabilidade que eles têm demonstrado como atores culturais de referência em nossa região. É um orgulho muito grande para o curso e para a Unidade poder testemunhar e participar desse merecido reconhecimento”, parabenizou a coordenadora do curso de Audiovisual da UEG, Geórgia Cynara. A diretora da UnU Laranjeiras, Idiner Serradourada, reconheceu o trabalho dos membros e destacou: "Como diretora reconheço o trabalho da equipe através dos resultados que temos conseguido".
O reitor da UEG professor Luiz Antônio Arantes também salienta que as conquistas desses profissionais representam "o que de melhor a Universidade pode fazer por seus acadêmicos: mostrar-lhes os caminhos para uma boa atuação profissional baseada nos ensinamentos adquiridos durante o curso. Parabenizamos nas pessoas destes homenageados toda a comunidade acadêmica da Unidade de Laranjeiras".

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...