(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Procon orienta sobre decisão do TRF

Geral Comentários 23 de agosto de 2013

Órgão só vai registrar reclamações após sentença definitiva


Diante da decisão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região de proibir que as operadoras de telefonia móvel estabeleçam prazo de validade para créditos pré-pagos, o Procon Goiás informa que a determinação ainda não está valendo. A decisão anula as cláusulas que fazem referência à perda de créditos adquiridos e à obrigatoriedade da inserção de novos valores como forma de condição para a continuidade de prestação de serviços, além de determinar a reativação do saldo, à época da suspensão, dentro de 30 dias.
Como vem recebendo muitas denúncias por meio do telefone 151, o Procon ratifica que a determinação só passa a valer depois que as empresas de telefonia forem notificadas e a sentença se tornar pública. A decisão foi unânime, mas ainda cabe recurso. Portanto, o órgão estadual de defesa do consumidor só irá registrar reclamações sobre o fato após sentença definitiva.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Copa Sesc recebe inscrições até o dia 25 próximo

17/04/2019

Um dos maiores eventos esportivos no Estado, a Copa Sesc já está com inscrições abertas para esportes coletivos e individ...

Policial de Anápolis está no epicentro da crise entre o STF e a Procuradoria

17/04/2019

Um policial civil de Anápolis está entre os investigados no inquérito aberto pelo ministro do Supremo tribunal Federal, Al...

Procon alerta sobre preço de peixes

13/04/2019

Tradicional, a Semana Santa está chegando e a tendência é de aumento da demanda por pescados. Por isso, a Secretaria Munic...

Cadin Estadual tem quase 130 mil inscritos

13/04/2019

O Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados de Órgãos e Entidades Estaduais, o Cadin Estadual, completou, recentemen...