(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Presídio sai, ou não sai??

Segurança Comentários 30 de abril de 2011

Presidente da Agência Prisional diz que existe uma grande chance de o mini-presídio de Anápolis ser construído até o final do ano. A documentação já está em Brasília


A exposição, em mídia nacional, do drama vivido com a falta de acomodações adequadas para o recebimento de mulheres presas por ordem judicial, ou em flagrante delito, parece ter apressado as providências do Governo Estadual em dotar Anápolis de um estabelecimento para abrigar sentenciados em geral. As principais redes de televisão, e os portais de notícias dos grandes centros, mostraram o drama de uma mulher, acusada de tráfico de drogas, que ficou por dois dias algemada a uma cadeira no hall de entrada da Delegacia Geral de Polícia. O assunto rendeu muita polêmica em toda a Cidade. Na terça-feira, 26, o delegado Edilson Brito, titular da Agência Prisional do Estado, informou que a referida construção é prioridade do Governo Marconi Perillo e que as providências para a concretização da obra estão sendo tomadas em prazo recorde. O delegado assegurou que ainda esta semana está sendo encaminhada ao DEPEN (Departamento Penitenciário Nacional) a documentação necessária para o início do processo que determinará a liberação dos recursos suficientes para a construção do mini-presídio de Anápolis, calculadamente R$ 12 milhões. De acordo com Edilson Brito, existe um projeto de concepção moderna, feita à base de pré-moldados, o que permite a edificação em tempo recorde. “Se tudo correr bem, é possível que ainda este ano Anápolis tenha o seu mini-presídio”, justificou.
Ressalte-se que um dos itens fundamentais para a obra já está definido há mais de um ano. Trata-se do terreno, que foi doado pela Prefeitura ao Governo do Estado. A área é considerada ideal para o projeto, já tendo sido, inclusive, liberada oficialmente. Existem os registros, o certificado de impacto ambiental e todos os requisitos indispensáveis. A construção do novo presídio de Anápolis tem sido objeto de campanha para candidatos aos mais diferentes cargos eletivos do Estado nas últimas eleições. O grande empecilho era, justamente, a falta do terreno, já que no decorrer do tempo, várias glebas foram disponibilizadas, mas nenhuma correspondeu ao projeto. A última, à direita da BR 414, saída para Corumbá foi considerada ideal. Há uma grande expectativa em torno da aprovação do projeto junto aos organismos federais e o desejo de que as obras, realmente, sejam ativadas.

Ala feminina
O grande problema da falta de acomodações para detentas em Anápolis está próximo de um desfecho. Por iniciativa do Conselho Municipal de Execuções Penais, presidido pelo delegado de polícia aposentado, Franklin Pfrimmer, com o apoio de vários segmentos organizados da sociedade anapolina, está sendo construído um anexo na área interna da Cadeia Pública (Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc”, que deve ser entregue nos próximos dias. A previsão é de que seja no Dia das Mães (segundo domingo de maio), tendo em vista o adiantado da obra. Segundo o Conselho, serão ofertadas 35 vagas em dois ambientes distintos. Assim que a edificação estiver concluída (faltam os projetos elétrico, hidráulico e alguns serviços de acabamento), cerca de 25 mulheres que respondem a processos em Anápolis e que estão, hoje, na Casa de Prisão Provisória, em Goiânia, vão retornar à sede do Município. Para a concretização desse projeto foram somados esforços da Prefeitura, que cedeu veículos para o transporte de materiais, cerâmicas (inclusive uma de Abadiânia) que doaram tijolos, empresários e profissionais liberais que ofertaram recursos, e uma série de outros parceiros. O Conselho adiantou, ainda, que outras melhorias estarão sendo introduzidas na Cadeia Pública de Anápolis, como uma área adequada para a acomodação de visitas, reforço do muro que cerca o estabelecimento e a implantação de projetos educativos, sociais e profissionais, para a sociabilização dos detentos.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...