(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Prefeitura realiza concurso público para educação

Cidade Comentários 19 de dezembro de 2014

Oportunidades são para pedagogos e professores de Matemática, História, Geografia e Letras, neste caso com habilitação em Libras


A Prefeitura publicou, no Diário Oficial da última segunda-feira, 15, o edital do concurso público para professores das áreas de Pedagogia (220 vagas), Matemática (1), História (2), Geografia (3) e Letras, com habilitação em Linguagem Brasileira de Sinais – Libras (5). O período de inscrições é de 16 de janeiro a 5 de fevereiro, pela internet, e as provas estão previstas para 22 de fevereiro. A taxa de inscrição é de R$ 95.
A empresa contratada para realização do certame é a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (Funcab) e o edital está disponível em sua página www.funcab.org. Clique para acessar o edital e demais informações.
Os salários variam de R$ 1.173,26 a 2.347,80, de acordo com a jornada de trabalho, que pode ser de 20h, 30h e 40h. Além da prova objetiva, outra etapa do concurso é a prova de títulos (especialização, mestrado e doutorado).
Desde o início da atual gestão, a Prefeitura tem a preocupação de garantir a qualidade na educação, e para isso investe na valorização dos professores. Em janeiro de 2009, os educadores do município passaram a receber como salário base o piso nacional da categoria e em dezembro deste mesmo ano comemoraram a realização de uma reivindicação antiga, conquistada na atual administração: o Plano de Cargos, Salários e Vencimentos, aprovado pela Câmara Municipal. Ao todo, em cinco anos, a categoria teve um aumento salarial de 87,66%.
A Prefeitura também realizou concurso público para a área da educação e tomou providências para que professores, vigias, merendeiras e auxiliares administrativos e de serviços gerais aprovados em outros certames pudessem ser lotados. Mais de dois mil profissionais foram convocados pela atual gestão para atuar na formação educacional das crianças e adolescentes da rede municipal para atender a demanda que surgiu com a inauguração de novos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) e escolas reformadas e ampliadas.
Outra preocupação da administração municipal é a formação continuada dos profissionais. Eles são incentivados a participar, constantemente, de cursos de atualização e aperfeiçoamento realizados pelo Centro de Formação de Professores. Também têm acesso às graduações e pós-graduações oferecidas, gratuitamente, pela Universidade Aberta do Brasil. O uso das tecnologias de informação e comunicação como ferramenta para o melhor aproveitamento do processo de ensino-aprendizagem ganhou reforço com os quase dois mil notebooks distribuídos aos educadores.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...