(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Prefeito quer envolver comunidade com a saúde

Cidade Comentários 16 de outubro de 2009

Proposta é descentralizar a participação da população na discussão sobre o modelo de saúde desenvolvido no município. Os conselhos locais já são previstos em lei


O prefeito Antônio Roberto Gomide (PT) defendeu, na abertura da 6ª. Conferência Municipal de Saúde (realizada entre os 13 a 15 últimos), a ampliação dos mecanismos de controle social sobre os serviços prestados à comunidade neste setor. Segundo ele, foi com a participação popular que o Brasil conseguiu implementar o Sistema Único de Saúde (SUS), com o objetivo de universalizar o atendimento e mudar o paradigma de um modelo que era baseado na cura, e não na prevenção, que é o principal foco hoje.
Ainda em seu discurso na abertura do evento, Antônio Gomide voltou a falar sobre o Programa de Saúde (hoje denominado de Estratégia de Saúde), que conforme mostrou reportagem da edição passada deste CONTEXTO, passa por problemas estruturais devido à falta de médicos. Gomide reiterou que o Ministério da Saúde aprovou a implantação de mais 12 equipes para o Município. Mas, deixou no ar uma indagação: “Será que nós vamos querer mais essas 12 equipes para fazer números, ou vamos optar em melhorar o que aí está, para, depois, avançarmos?”
Segundo o chefe do Executivo, a política de saúde no Município não enfrenta carência de recursos. “É claro que, quanto mais recursos, melhor. Entretanto, o problema é a gestão e o nosso foco não é a quantidade, mas a qualidade. Nós queremos que a população tenha um atendimento a contento e desejamos ter profissionais que queiram ser funcionários públicos e tenham comprometimento”, defendeu.
Antônio Gomide afirmou que a sua gestão vai trabalhar no intuito de que a população possa colaborar mais com o sistema de saúde pública, não apenas através do Conselho Municipal de Saúde, mas nos conselhos locais que deverão ser criados em algumas regiões da cidade. A criação desses conselhos, inclusive, já é prevista em uma lei municipal, que foi de sua própria autoria quando vereador. O prefeito ressaltou que a Conferência acontece num momento importante, porque está sendo definida a proposta orçamentária do município para o exercício de 2010. “É o momento de definirmos como vamos aplicar os recursos públicos de maneira eficiente, a fim de que tenhamos resultados efetivos para a saúde no município”, afiançou.
Diretrizes
O secretário municipal de Saúde, Wilmar Martins, lembrou que este ano, a Conferência Municipal de Saúde não está vinculada a nenhuma outra conferência em nível regional ou nacional. Conforme observou, o evento, dessa forma, abre espaço para que a sociedade organizada possa contribuir com as diretrizes que serão formuladas para o ano que vem e os próximos anos.
Ainda de acordo com o secretário, esta conferência teve como base debates anteriores no âmbito do Conselho Municipal de Saúde, mostrando como eixos principais: a atenção básica, o controle social, a regulação e a rede de urgência.
A Conferência Municipal de Saúde foi coordenada pelo presidente do Conselho, Marcelo Rodrigues Silveira. Na abertura, o promotor Marcelo Henrique dos Santos, ministrou a palestra: “Conhecendo e consolidando o Sistema Único de Saúde em Anápolis”, que foi o tema central da conferência este ano.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...