(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Prefeito está otimista em relação a 2011

Cidade Comentários 30 de dezembro de 2010

O Chefe do Executivo Anapolino recebeu equipe do CONTEXTO e fez a avaliação do que ocorreu política e administrativamente em 2010.


No encerramento do ano administrativo de 2010, a equipe do CONTEXTO foi recebida em gabinete pelo prefeito Antônio Roberto Gomide, que fez uma ampla avaliação dos procedimentos adotados durante o ano. Os aspectos ligados à saúde, à educação e à infraestrutura foram os mais abordados. Gomide tem uma perspectiva altamente positiva para 2011.

Estamos chegando ao final de mais um ano da gestão do senhor, que balanço dá para se fazer de 2010?

Antônio Gomide - Este foi um ano bem melhor do que 2009. Com a nossa equipe de trabalho, conseguimos desenvolver e mostrar, dentro daquilo que estava no nosso planejamento, mostrar uma melhor prestação de serviços. Na área social, por exemplo, conseguimos abrir mais oportunidades em termos de curso de formação e qualificação de mão-de-obra, em parceria com o SENAI, o Instituto Federal de Goiás, O Centro de Educação Profissional. E, acredito, conseguimos melhorar a qualidade de vida das pessoas. A cidade hoje é um referencial. As pessoas percebem uma mudança na aparência - a cidade está mais limpa e onde as pessoas estão com a auto-estima melhorando cada vez mais.
O que o senhor destacaria desse trabalho que foi feito ao longo de 2010?

Antônio Gomide - Vejo que são setores diferentes, alguns são mais visíveis. Na infra-estrutura tem uma visibilidade maior de velocidade. Nós conseguimos colocar pavimentação em 18 bairros no ano de 2010. Então isso dá uma visibilidade grande porque é qualidade de vida. Mas conseguimos avançar também, conseguindo colocar nos bairros a extensão de água tratada onde a Saneago ainda não havia conseguido chegar. E, hoje, não existe mais nenhum setor que não tenha a extensão de água tratada. Foi um trabalho nosso cobrando da empresa. E avançamos também na área de ampliação do esgotamento sanitário. Consolidamos o aterro sanitário, garantindo, inclusive, a lagoa de tratamento de chorume, coisa que nem Goiânia ainda tem. Isso nos dá uma condição de cidade sustentável. Nesse ponto nós saímos na frente.

Que outras áreas o senhor também acredita que houve bons avanços?

Antônio Gomide - A educação. Fizemos um trabalho este ano e, em 2011 vamos entregar sete CMEI’s - centros municipais de educação infantil - (creches). Também melhoramos a questão do conforto dos alunos e conseguimos, também, consolidar o trabalho de implantação de laboratórios de informáticas nas 64 escolas. Temos, aí, cerca de 16 computadores em cada escola. Então, nós estamos conseguindo fazer com que aquilo que as crianças viam de qualidade na escola particular, nós temos também na nossa rede pública no ensino fundamental. Além disso, neste ano de 2010 conseguimos consolidar a entrega dos kits de uniforme e material escolar. Fizemos a licitação e no começo do ano queremos entregar a cada professor um notebook para que ele tenha a possibilidade de fazer um bom trabalho e isso vai refletir no trabalho com os alunos.

Na questão da saúde, que avaliação o senhor faz já que é uma área de grande demanda e que geralmente gera maior desgaste? Qual tem sido a política específica para esta área?

Antônio Gomide - Em 2010 conseguimos consolidar a questão do Plano de Cargos e Salários - fizemos nas demais áreas, mas, na saúde, foi mais intenso - e avançamos em outras questões. Temos em construção uma unidade de saúde para a mulher, onde vamos concentrar todos os programas federais, estaduais e municipais. Vamos entregar essa obra em 2011. Além do hospital de especialidades, com 20 leitos que, também, demos início agora este ano e devemos entregar em 2011.
Melhoramos a atenção básica e abrimos concurso público para podermos colocar mais profissionais para valorizá-los e ao mesmo tempo termos uma melhor capacidade atendimento. A Estratégia de Saúde da Família- ESF [antigo PSF] é um referencial na atenção básica, onde conseguimos melhorar a rede física e estamos dotando de mais pessoal para que esse atendimento inicial seja bem feito e evitar que se tenha um desdobramento para o Hospital Municipal que hoje se mostra pequeno para uma cidade do porte de Anápolis. Hoje não há falta de profissionais nas equipes da ESF. O serviço de atendimento de urgência que é feito pelo SAMU tem melhorado, inclusive, diminuíram as reclamações e até mesmo trotes. Isso demonstra o respeito do cidadão com o serviço. Agora, é importante ressaltar que a maior programação de recursos que estamos fazendo dentro do Orçamento para 2011 é justamente na área de saúde, porque cada vez nós queremos chegar mais próximos dos cidadãos. Vamos ter aí no ano que vem a Unidade de Pronto Atendimento, a UPA, e o Cais Jardim Progresso 24 horas, onde nós já temos mais de 50 médicos, além de enfermeiros, dentistas, os exames de laboratórios também feitos lá. A coleta para exames nós descentralizamos em cinco pontos diferentes - Setor Industrial Munir Calixto, Bairro de Lourdes, Mini- Cais Abadia Lopes Fonseca, Jardim Progresso e Hospital Municipal

Na área ambiental, o senhor vê também motivos para comemorar as ações desenvolvidas em 2010?

Em dois anos, nós conseguimos avançar muito na política de meio ambiente, não só em relação à educação e conscientização nas escolas, com plantio de árvores com apoio de vários parceiros da sociedade organizada. E, mesmo, na nossa capacidade de inteligência de acompanhamento, através da pasta de Ciência e Tecnologia, que tem dado suporte nessa área, permitindo que a gente visualize melhor a Cidade. Também cercamos várias áreas de preservação, que até então estavam sendo degradadas em muitos casos, inclusive, áreas de nascentes. Isso dá em torno de 20 áreas onde fizemos esse trabalho. Fizemos a recuperação dos três principais parques: Onofre Quinan, Matinha e JK. Reestruturamos totalmente estes locais e, além de revitalizar nós também estamos garantindo a segurança. E consolidamos mais um parque que é o Parque Ambiental do Ipiranga, que estaremos entregando agora neste fim de ano. E, para 2011, nós já estamos licitando mais dois parques ambientais: o das Antas e o do final da Avenida Getulino Artiaga.
Então, esse é um trabalho visível, mas há outros como o esporte, a cultura. Tivemos muitos projetos importantes como o Pro Jovem Adolescente, o Pro Jovem Trabalhador, o Pro Jovem Urbano. Tivemos quase oito mil pessoas fazendo cursos, somente no Cepa, mais de cinco mil com cursos pagos pela Prefeitura. Agora, vamos ampliar também a parceria com o SENAI, implantando no Conjunto Filostro Machado uma unidade de profissionalização. As pessoas percebem hoje que a Prefeitura tem um envolvimento com a Cidade e um referencial positivo para que as pessoas que procurá-la sejam bem atendidas.

Pelo acompanhamento que tem sido feito, esse trabalho está surtindo o efeito esperado no IPTU que é o principal tributo arrecadado pelo Município?

Antônio Gomide - Sem dúvida, porque à medida que você presta um serviço as pessoas começam não só a falar bem, mas se sentem no compromisso de querer ajudar e colaborar. O cidadão cria a consciência: - a cidade é nossa. Então, há uma percepção que a prefeitura está fazendo a sua parte.

Em 2011 o seu governo entra na segunda metade. Em relação à equipe, o senhor prevê alguma mudança, ou acha que está bom, não deve haver alterações. Como o senhor vê esta questão?

Antônio Gomide - Vejo que está bem, mas precisa melhorar, ter um ajustamento. Mas uma mudança sem traumas, sem atropelos. Acredito que sejam mudanças mais pontuais. Nós constantemente estamos fazendo uma avaliação de como o trabalho de cada secretaria está se refletindo para a população, por que queremos que a cidade sinta-se satisfeita com o nosso trabalho. Nesse sentido é que vejo que podemos sim ter mudanças pontuais, mas nada fora do normal. A gente tem sempre que buscar o melhor.

A administração do senhor, desde o início, teve total apoio da Câmara Municipal. Mas, ultimamente, têm surgido algumas arestas e alguns descontentamentos mesmo dentro da base de apoio. Como o senhor vê isso?

Antônio Gomide - Vejo com naturalidade. Faz parte do processo. Sempre tive uma relação muito boa com aquela Casa e sei que é preciso que ela preserve a sua independência. Nós entendemos que é fundamental que o Legislativo tenha uma presença forte na sociedade, assim o Poder Executivo tem que ter o respeito da sociedade nas suas ações. Os vereadores sabem da nossa forma de trabalhar e isso facilita muito. Não vejo essas questões com preocupação.

A partir do início de 2011, o senhor terá uma nova Mesa Diretora da Câmara, um novo governo empossado e nova representação política na Assembleia Legislativa do Estado, o que o senhor espera desses relacionamentos políticos?

Antônio Gomide - Evidentemente que uma maior representatividade na Assembleia Legislativa cresce a influência dentro do Governo do Estado. Esse é um ponto que vejo como positivo. No Governo Federal, nós já temos uma ponte que é o deputado federal Rubens Otoni, que tem nos ajudado a trazer verbas e encaminhar nossas demandas que são oriundas do Governo Federal e a Câmara Municipal, com a eleição do Amilton Batista, creio que vem trazer um grande equilíbrio. A Câmara Municipal é uma espécie de termômetro da população e também uma Casa norteadora de ações. O importante é que nós temos um planejamento, temos metas a cumprir e não podemos perder esses referenciais. Vamos trabalhar com todas as forças que pudermos contar.

Ano passado foi um ano político, 2011 não tem eleição, mas 2012 como será?

Antônio Gomide - Nenhum de nós, eu ou qualquer um da equipe, neste momento, tem motivo para sair desta conduta que estamos que é fazer o nosso trabalho bem feito. É isso que pensamos. Creio que 2011 será, sem dúvida, um ano de realizações e muito melhor do que 2010. Não estamos realmente pensando, nem de longe, em 2012.

Autor(a): Claudius Brito / Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...

Escola de Pais promove evento para a família

18/05/2017

A Escola de Pais do Brasil (EPB) – Seccional Anápolis- realiza no próximo dia 26, a partir das 19h30, o 31º Seminário R...

Presidente do Tribunal de Justiça visitou a Base Aérea

11/05/2017

O comando da Base Aérea de Anápolis, agora denominada Ala 2 de Anápolis - Otávio Lage de Siqueira -, recebeu, na segunda-...

ABIH quer pressa para Centro de Convenções e Aeroporto de Cargas

04/05/2017

O momento vivido pela rede de hotelaria de Anápolis foi debatido no Denali Hotel na manhã do último dia 28 de abril, em ma...