(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Prédios abandonados usados por marginais

Cidade Comentários 14 de maio de 2011

Diversos imóveis sem ocupação, no centro e nos bairros de Anápolis têm servido como esconderijo de marginais e pontos para o consumo e o tráfico de drogas


Recentemente em Goiânia a Prefeitura iniciou a demolição de prédios residenciais e/ou comerciais que estavam sem função social, servindo para o abrigo de grupos marginais, incluindo moradores de rua; traficantes, assaltantes e outros tipos de criminosos. Esta anomalia social não é exclusividade das chamadas metrópoles. Cidades menores, como é o caso de Anápolis enfrentam, também, situação semelhante. Há dois anos uma jovem foi encontrada morta no interior de uma residência abandonada na Travessa Olímpio Barbosa de Melo, no centro da Cidade. Depois disso, multiplicaram-se as denúncias da presença de vândalos em imóveis sem o devido cuidado, cujos proprietários não zelam por sua segurança.
Uma agravante de tudo isso é que muitos desses prédios (e terrenos) estão abandonados ou fazem parte de processos judiciais, não podendo ser comercializados, nem ocupados. Assim sendo, não existe uma norma específica para que se dê uma destinação correta a tais prédios sem que haja a interferência oficial do Ministério Público e do Judiciário.

Os casos
Dentre os inúmeros casos que podem ser citados em Anápolis está o de um imóvel na Avenida Brasil, a poucos metros da Câmara Municipal. No local funcionou, há algum tempo, uma casa de shows, desativada por conta da perturbação do sossego público. Depois disso, o imóvel ficou praticamente abandonado e, hoje, restam-lhe, apenas, as paredes e parte da cobertura. Por estar nesta situação e ficar situado em uma área de aglomeração de vários tipos de pessoas, incluindo drogados, bêbados e criminosos em geral, invariavelmente acontecem pequenos delitos naquelas imediações, com os autores se refugiando entre os escombros do prédio.
Igualmente o imóvel onde durante muitos anos funcionou o Instituto de Cardiologia “Maurity Escobar” recentemente foi alvo de ação policial. É que, vândalos conseguiram arrombar as portas de entrada e muitas portas internas, transformando o local em antro de marginais, principalmente no período noturno. Há alguns dias, policiais foram chamados para tomarem providências a respeito de medicamentos vencidos que estavam expostos naquele local. Pelo que se sabe, o imóvel estaria hipotecado e aguardando decisão judicial para ter uma destinação correta. Enquanto isso, multiplicam-se as reclamações a respeito da presença de pessoas indesejáveis em seu interior.
Mais recentemente surgiu a denúncia, também, de que vândalos estariam ocupando um imóvel que, há anos, servia como sede da sub-delegacia Regional do Trabalho, na Travessa Francisco da Luz Bastos, no centro de Anápolis. A Delegacia foi transferida para outro local e o prédio ficou sem qualquer ocupação legal. Vizinhos denunciaram que o imóvel, desocupado, tem servido de esconderijo para marginais, traficantes e pessoas vadias. Somam-se a estes casos citados, vários outros de imóveis na região central de Anápolis que estariam sendo utilizados para fins escusos, causando pânico à população que teme pela segurança pública, visto que os frequentadores desses locais são, reconhecidamente, pessoas de alta periculosidade, dispostas a cometerem crimes variados.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...

Escola de Pais promove evento para a família

18/05/2017

A Escola de Pais do Brasil (EPB) – Seccional Anápolis- realiza no próximo dia 26, a partir das 19h30, o 31º Seminário R...

Presidente do Tribunal de Justiça visitou a Base Aérea

11/05/2017

O comando da Base Aérea de Anápolis, agora denominada Ala 2 de Anápolis - Otávio Lage de Siqueira -, recebeu, na segunda-...

ABIH quer pressa para Centro de Convenções e Aeroporto de Cargas

04/05/2017

O momento vivido pela rede de hotelaria de Anápolis foi debatido no Denali Hotel na manhã do último dia 28 de abril, em ma...