(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Pré-candidatos se encontram na abertura da Pecuária

Política Comentários 04 de maio de 2012

Em meio à turbulência vivida em Goiás por conta das operações Monte Carlo e Saint Michel, os políticos se mostram reticentes ao falarem sobre o futuro


Com o surgimento diário de novos nomes e novos episódios envolvendo o “Caso Cachoeira/Demóstenes”, as principais lideranças políticas de Goiás têm evitado falar muito sobre o cotidiano e sobre a aproximação das eleições municipais de outubro. É que as revelações da Polícia Federal, e do Ministério Público Federal, apontam pessoas ligadas às mais variadas tendências e partidos políticos, não permitindo, a princípio, que se façam juízos de valores. “O acusador de hoje, pode ser o acusado de amanhã. Enquanto não houver uma linha principal, um viés definido no processo, a prudência e o bico calado são as melhores receitas”, disse um ex-vereador de Anápolis.
E, foi dentro dessa ótica que aconteceu, na noite de quarta-feira, 02, a solenidade de abertura da 52ª Exposição Agropecuária de Anápolis. Embora houvesse um generoso número de pré-candidatos a prefeito e a vice-prefeito, o que se ouviu não trouxe nenhuma novidade, com os políticos emitindo frases de efeito, jargões por demais conhecidos, sem grande objetividade. Dentre os pré-candidatos presentes, citam-se, os peemedebistas José Caixeta Ramos (Presidente do Sindicato Rural e anfitrião da festa) que tem sido apontado como eventual candidato a vice-prefeito em uma chapa encabeçada pelo atual Prefeito Antônio Gomide e Air Ganzarolli, ex-vice-prefeito de Anápolis, Presidente do Diretório Municipal do PMDB e que, também, teria seu nome disponível para uma composição com o PT ou, até, liderar uma chapa do Partido. Nem um, nem outro quiseram falar sobre eleições municipais, composições ou propostas políticas. Disseram estar aguardando o desenrolar dos fatos.
Também estiveram presentes ao evento os secretários de estado Wilmar Rocha (Casa Civil) e Alexandre Baldy (Indústria e Comércio), representando o Governador Marconi Perillo que não pôde comparecer. Rocha é o principal líder do recém-criado PSD em Goiás, ele que foi eleito deputado federal pelo Democratas. Ao Contexto, ele revelou que ainda não há definição partidária quanto à disputa pela Prefeitura de Anápolis, muito embora não desconsidere a possibilidade do lançamento de um nome para concorrer à sucessão de Antônio Gomide, ou, quem sabe, a indicação de um candidato a vice numa eventual chapa a ser formada. Ele disse que a preocupação central é a de se elegerem vereadores nas principais cidades goianas, incluindo Anápolis.

Outros candidatos
Já, Alexandre Baldy, que seria o nome mais indicado do PSDB para concorrer à Prefeitura de Anápolis, manteve o posicionamento que vem adotando há meses. Não diz que é, nem que não é candidato. Afirma, tão somente, que está à disposição do Partido e que no momento oportuno vai se posicionar. Mas, garante que o PSDB terá candidato.
Além destes, também esteve presente à abertura da Pecuária, o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Anápolis Wilson de Oliveira, este, sim, assumindo publicamente, a condição de pré-candidato pelo Democratas. Oliveira disse ter o respaldo do Vice-Governador de Goiás, José Éliton e do deputado federal Ronaldo Caiado, as principais lideranças do DEM no Estado. E, por fim, entre os presentes na festa da Pecuária, o atual Vice-Prefeito, João Gomes, que vive um momento de expectativa, ante à série de conjecturas dando conta de que o PT não terá chapa “puro sangue” este ano. Em assim sendo, Gomes estaria fora da chapa com Antônio Gomide. Mas, ele próprio assegura que não está preocupado. “Em 2008 entrei na campanha depois de um mês. Naquela ocasião ninguém queria ser vice do Antônio (Gomide). Agora, vejo que as coisas mudaram muito. De minha parte continuo fazendo o meu trabalho. As decisões serão tomadas pelo Partido (PT) e não por pessoas”, assegura João Gomes. Os deputados estaduais José de Lima (PDT) que se declara candidato e Carlos Antônio (PSC) que está tendo seu nome lembrado como eventual candidato a prefeito, pelo menos, na solenidade de abertura, não se faziam presentes.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...