(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Praças retomam importância na vida da comunidade

Cidade Comentários 27 de julho de 2012

Charmosas e necessárias para o bem estar da população, as praças estão novamente reconquistando o público e dando uma nova concepção urbanística a Anápolis


As praças e parques são espaços que guardam traços importantes da história de uma Cidade. Além, claro, de cumprirem o seu papel que é o de gerar lazer e entretenimento à população. Este cenário, até bem pouco tempo, havia perdido importância dentro do cenário do planejamento urbanístico. Porém, nos últimos anos, começou um processo, digamos, de retomada, com o surgimento de novos e a reforma de muitos logradouros, incorporando versões mais modernas e o apelo à questão ambiental, que tem se tornado mais presente na vida das pessoas.
Uma das grandes obras nessa área ocorreu em 1999, na Administração do então Prefeito Adhemar Santillo, com o Central Parque da Juventude, aproveitando toda a área verde disponível e o manancial do Ribeirão Antas. Na Administração do então Prefeito Ernani de Paula, ocorreu a reurbanização do Parque JK, que era conhecido, no passado, como Jundiaí Praia Clube, ponto de encontro da juventude anapolina. Na Administração do Prefeito Pedro Sahium, foi revitalizada a Praça Badia Daher, no Bairro Jundiaí. E, agora, na Administração do Prefeito Antônio Gomide, o grande marco foi o Parque Ambiental do Ipiranga, também no Bairro Jundiaí, que hoje é considerado um dos principais cartões postais da Cidade.
Vários outros logradouros foram reformados e entregues à população nos últimos anos. E, independente de quem realizou a obra, o mais importante é que houve, e está havendo, um resgate da importância das praças. A Praça Bom Jesus, que está em reforma, guarda alguns tesouros históricos como o prédio onde hoje funciona a Secretaria Municipal de Cultura e os museus de artes “Antônio Sibasolly” e “Loures”, onde, antigamente, funcionaram a Prefeitura e o Fórum. A mesma praça conserva, ainda, a fonte sonoro/luminosa e, próximo dela, o local onde está enterrada a urna do centenário, contendo vários documentos lacrados e que serão abertos, apenas, na comemoração dos 150 anos de Anápolis, daqui a 45 anos.
As praças também foram, no passado, pontos de referência para os grandes comícios políticos, como é o caso, por exemplo, da Praça das Mães, onde milhares de pessoas ocupavam o local para assistirem aos calorosos embates, na década de 70, dos políticos da Arena e do MDB. Sem contar que, as praças sempre foram símbolos dos casais de namorados e das brincadeiras de crianças. Cenas que estão ressurgindo no cotidiano de Anápolis.

Projetos
A Prefeitura tem mais dois projetos em andamentos, para a construção de parques ambientais: o Parque da Liberdade, que ficará localizado no final das duas pistas da Avenida Getulino Artiaga, numa área de 25 mil metros quadrados. As obras, inclusive, já foram iniciadas. E o Parque Ambiental da Cidade, que será construído em área próxima ao Túnel da Ferrovia Norte-Sul na saída para Goiânia, cujo projeto prevê a ocupação de um espaço de cerca de um milhão de metros quadrados de área. Entretanto, a obra foi paralisada depois que surgiram alguns problemas em relação a irregularidades no projeto da ferrovia. O valor estimado da obra, anunciada em maior do ano passado, é de R$ 10 milhões.


Algumas importantes praças de Anápolis
Praça Sant´Ana - No setor central, tem como um dos atrativos a Igreja de Sant´Ana, a padroeira de Anápolis.
Praça Bom Jesus - Também na região central, possui uma fonte sonoro/luminosa da década de 70; o prédio histórico do antigo Fórum e uma urna onde objetos e documentos são colocados para serem conhecidos a ciclo de 50 anos que a Cidade completa.
Praça Cônego Trindade - Na Vila Góis, foi totalmente reformada recentemente, tendo como atrativo vários espelhos d'água.
Praça Americano do Brasil: Talvez a única do Brasil que possui um avião supersônico, um F103 Mirage, em exposição permanente, localizada no centro da cidade, ao lado do terminal rodoviário urbano;
Praça James Fanstone: Pequena e aprazível praça histórica, em frente ao Hospital Evangélico, também no centro, onde se pode apreciar um antigo coreto, hoje transformado em uma cafeteria;
Praça Dom Emanuel: Com gigantescas gameleiras e extensa área livre para eventos públicos, no Bairro Jundiaí;
Praça Badia Daher: conta com lago e cascatas artificiais, bosques, parque infantil e pista de caminhada, no Bairro Jundiaí;
Praça Deputado Abílio Wolney, conhecida como Praça do Ancião, localizada no setor central, ao lado do Centro Administrativo Municipal, conta com ampla área verde;
Praça da Bíblia, localizada no Jardim Bandeirantes, com área verde e inspiração na Bíblia.
Praça das Mães: Na região central, ponto de convergência da população em grandes eventos no passado e nos dias atuais;
Praça dos Romeiros (Manoel Gonçalves da Cruz): na Avenida Presidente Kennedy que ostenta um monumento lembrando a tragédia ocorrida com uma caravana de romeiros de Anápolis que retornavam de Aparecida (São Paulo), resultando em dezenas de mortos devido ao incêndio dos dois ônibus.

Os parques ambientais

Parque Ambiental Ipiranga - complexo de lazer localizado no Bairro Jundiaí, conta com cerca de 45 mil metros quadrados, dispondo de três espelhos d'água; pista de caminhada; pista de ciclismo; jardim árabe; pontes; mirante; deck; bosque, teatro de arena; área de ginástica da terceira idade; sanitários; quiosques, orquidário e um centro para estudos ambientais.
Parque JK, localizado no bairro do mesmo nome, é dotado de um enorme lago que permite, inclusive, a prática de esportes náuticos, área de alimentação, recreação e esportes, com uma grande pista para prática de esportes radicais, tais como skate, patins e outros.
Central Park Senador Onofre Quinan, também conhecido por Parque da Juventude, está localizado entre o Conjunto Nações Unidas e a Vila Góis e que conta com boa estrutura de lazer com lago, cascata e caverna artificiais; pista de caminhada; parque infantil; trilhas na mata nativa e animais silvestres. Foi fundado em 1999 e recebeu esse nome em homenagem a um influente político e cidadão anapolino que foi Governador e Senador da República.
Parque Ambiental Cidade Jardim, localiza-se entre os bairros Cidade Jardim e Vila Santa Maria de Nazareth, contando com pista de caminhada, grande área de preservação ambiental com mata nativa ao lado do Ribeirão Antas e equipamentos para a prática de esportes.
Parque Antônio Marmo Canedo, o mais antigo de Anápolis, implantado na década de 70 (administração do então prefeito Henrique Santillo) também conhecido como Parque da Matinha, está localizado no Bairro Maracanã e que conta com grande parque de diversões público; parque infantil; pistas de caminhada em meio a uma mata nativa, diversos quiosques isolados, com churrasqueiras e quadras de esportes para futebol de salão, vôlei, basquete e tênis.

Autor(a): Carol Evangelista

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...

Escola de Pais promove evento para a família

18/05/2017

A Escola de Pais do Brasil (EPB) – Seccional Anápolis- realiza no próximo dia 26, a partir das 19h30, o 31º Seminário R...

Presidente do Tribunal de Justiça visitou a Base Aérea

11/05/2017

O comando da Base Aérea de Anápolis, agora denominada Ala 2 de Anápolis - Otávio Lage de Siqueira -, recebeu, na segunda-...

ABIH quer pressa para Centro de Convenções e Aeroporto de Cargas

04/05/2017

O momento vivido pela rede de hotelaria de Anápolis foi debatido no Denali Hotel na manhã do último dia 28 de abril, em ma...