(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Pré-candidatos discutem formação de chapa nas eleições do Galo

Esportes Comentários 14 de setembro de 2018

Na segunda quinzena de outubro, a diretoria tricolor promove eleições para o Executivo e para o Conselho Deliberativo. Conselheiros querem André Hajjar no comando, Dedé pode indicar novo presidente executivo e Miguel Hajjar, ex-goleiro, pode se tornar dirigente


O Anápolis Futebol Clube já tem um caminho para tentar tirar a equipe da incômoda Segunda Divisão: é montar uma diretoria forte e aumentar o número de conselheiros. Para tanto, é preciso ter um grande comandante e, esta semana, um grupo de conselheiros se reuniu para oficializar o apoio ao empresário André Hajjar e tentar sensibilizá-lo a assumir o comando tricolor, devido à saída de José Paulo Tinazo.
“Dedé” já confidenciou a alguns amigos que não quer se envolver, mas, nos bastidores, há quem diga que ele vem dando as cartas e que, inclusive, indicaria o nome do conselheiro Roosevelt Veloso para a Presidência Executiva, com Karim Abrão, atual Secretário de Esportes e Nassim Farah formando a Vice-Presidência. O ex-goleiro Miguelzinho Hajjar está se aperfeiçoando na gestão esportiva e também fará parte da nova diretoria. Mas, no momento de especulações, vários outros nomes surgem em prol do Galo da Comarca. O vereador Luzimar Silva já se colocou à disposição para compor a nova diretoria ou, até mesmo, formar uma chapa.
No segmento empresarial, Gilberto Hipper Pizza, também, se lançou como pré-candidato. O primeiro nome que surgiu nesta sucessão diretiva é o do diretor de patrimônio, Marlon Caiado, que depende do desenrolar das eleições majoritárias para saber se teria uma estrutura de governo com vistas a conseguir recursos para o Clube.
Paulo de Lima, Degmar Pereira e Aloísio Sávio, também, são nomes colocados à disposição no pleito que formará as duas diretorias: Executiva e Conselho Deliberativo para o próximo biênio. Quanto às categorias de base, existem algumas procuras de grupos de empresários que pretendem terceirizar a base tricolor. Só, que, até o momento, nenhuma proposta agradou aos dirigentes. Independentemente de quem for conduzir o Anápolis Futebol Clube, o que o torcedor espera é ver um time forte e de volta à elite do futebol goiano.

Autor(a): Humberto Castro

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Corrida de Rua terá mais de 4 mil inscritos para o décimo circuito

25/04/2019

A primeira etapa do 10º Circuito Anapolino de Corrida de Rua acontece neste sábado. São mais de quatro mil inscritos. O pe...

Jogos da Anapolina pela Série D serão aos sábados

25/04/2019

O horário tradicional do futebol brasileiro, aos domingos, é às quatro da tarde, quando o torcedor já se acostumou a ver ...

Anápolis aguarda Conselho Técnico

17/04/2019

O Diretor de Futebol do Anápolis, Carlinhos Capilat, aguarda a definição do Conselho Técnico para montar a estratégia de...

Elenco da Xata ganha mais um reforço para a Série D

17/04/2019

A inter-temporada da Associação Atlética Anapolina está em ritmo acelerado, e, os reforços não param de chegar. Foi apr...