(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Ponte sobre a Avenida Brasil sob ameaça de ruir

Cidade Comentários 21 de janeiro de 2011

Nem mesmo a passagem mais ampla sobre o Córrego Monjolo na principal via pública de Anápolis feira recentemente suporta o volume de enxurradas


A força das águas que, atualmente, está tirando o sono de muitos administradores públicos em todo o Brasil, devido aos múltiplos casos de desmoronamentos, alagamentos e inundações é, também, ameaça em Anápolis. A região baixa da Avenida Brasil, entre o Terminal Rodoviário “Josias Moreira Braga” e as proximidades do Hospital Municipal, sempre foi problemática. O Córrego Monjolo, que corre entre a Vila Goiás e o Conjunto Vila Verde, é um exemplo disso. Desde que foram feitas novas passagens sobre a Rua 8, Rua Pérola, a Rua Anhanguera e outros pontos de travessia, o volume de água aumenta, quando de chuvas mais intensas. É que, com a vazão mais ampla, a água corre com maior velocidade, causando o represamento na parte mais plana do terreno.
Foi por conta disso que, há três anos, a Avenida Brasil ficou interrompida por vários meses. A Prefeitura promoveu uma obra de grande porte, trocando a canalização mais estreita, por um sistema de concreto armado mais largo e alto. De lá para cá, não houve mais o alagamento de residências e estabelecimentos comerciais daquele setor. Em seguida foi aumentada a vazão do mesmo córrego, desta feita na Rua Amazílio Lino de Souza, onde, também, eram frequentes os alagamentos.
Mas, com o correr do tempo houve o desgaste natural e a necessidade de um acompanhamento técnico, com a realização de obras restauradoras, o que, na visão de alguns especialistas, não teriam sido executadas. O resultado disso é que neste ano de 2011, com a atipicidade climática que se observa, com chuvas muito pesadas, houve um maior solapamento das margens e a ameaça concreta de desabamentos, colocando sob risco todo o tráfego naquele trecho da Avenida. A Prefeitura, cientificada do problema, está tomando as devidas providências. Uma nova interdição naquele trecho da Avenida Brasil resultaria em grandes problemas para a logística do trânsito, já complicado, na chamada “Baixada das Antas”.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Prefeitura e Saneago retomam diálogo sobre concessão, mas falta acordo sobre valores

27/04/2019

O presidente da Saneago, Ricardo José Soavinski, acompanhado de diretores da estatal, esteve em Anápolis nesta sexta-feira,...

Prefeitura garante repasse para que Santa Casa mantenha UTI pediátrica funcionando

27/04/2019

Na manhã desta sexta-feira, 26/04, o Prefeito Roberto Naves recebeu a diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Anápolis....

Revitalização do centro é desafio na segunda etapa do mandato de Roberto

26/04/2019

Um passo crucial para a revitalização da região central de Anápolis, a retirada dos ambulantes que ocupam as calçadas, ...

Cidade terá exposição de Mangalarga Marchador

25/04/2019

Criadores da raça Mangalarga Marchador de quatro estados brasileiros e do Distrito Federal, estarão em Anápolis durante o ...