(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Polo de defesa foi apresentado na embaixada da Suécia no DF

Economia Comentários 22 de fevereiro de 2018

Iniciativa vai ser mostrada em São Paulo, em evento da representação sueca com empresários de vários segmentos


O projeto de implantação do polo de defesa em Anápolis foi apresentado na embaixada da Suécia, em Brasília, na última terça-feira, 20/02, pelo Comitê de Assuntos de Defesa da Federação das Indústrias do Estado de Goiás – COMDEFESA-Goiás.
O embaixador Per-Arne Hjelmborn recepcionou a comitiva goiana, liderada pelo vice-presidente do COMDEFESA-Goiás, Wilson de Oliveira, vice-presidente da Fieg e presidente da Fieg Regional Anápolis. O encontro teve a presença do diretor da SAAB Brasil, Bengt Janér. A empresa é a fabricante dos aviões de caças Gripen que foram adquiridos pela Força Aérea Brasileira junto e devem ser incorporados à ALA 2 (antiga Base Aérea de Anápolis) a partir de 2021.
Wilson de Oliveira abriu a reunião fazendo uma exposição sobre o projeto do polo de defesa e sobre as potencialidades de Anápolis. Em seguida, os também membros do COMDEFSA-Goiás, Sóstenes Arruda, Coronel Couto, Cícero Ceccato (ex-comandante da Base Aérea de Anápolis) fizeram também abordagens referentes ao projeto, em relação à questão da logística de Anápolis para abarcar a inciativa e, também, na questão dos incentivos fiscais que já estão encaminhados junto ao Governo do Estado.
O diretor de operações do Porto Seco Centro-Oeste, Everaldo Fiatkoski, inclusive, ressaltou que a aduaneira é a única no País, hoje, que possui todas as condições legais para operacionalizar cargas de armas, munições, produtos explosivos, dentre outros. Já o represente da Universidade Estadual de Goiás (UEG) no Comitê, Cláudio Stacheira, falou sobre a criação do polo de inovação e tecnologia, braço da instituição para apoiar o treinamento de mão-de-obra para a Força Aérea.
Durante o encontro, o embaixador da Suécia, Per-Arne Hjelmborn, informou que terá um encontro em São Paulo com industriais ligados ao setor de defesa. Ele convidou o COMDEFESA-Goiás para estar presente neste encontro, cuja data ainda será agendada e, assim, possa apresentar o projeto de Anápolis. O convite foi aceito e o presidente em exercício do Comitê, Wilson de Oliveira, disse que será importante agregar a este encontro a presença do Governador Marconi Perillo, que já sinalizou apoio ao projeto e, também, o presidente da Fieg, Pedro Alves.
Para Wilson de Oliveira, foi um encontro extremamente produtivo, já que a Suécia é um grande parceiro do Brasil, não só com a compra das aeronaves Gripen, mas também em outros segmentos econômicos e a proximidade com o Município de Anápolis deverá render bons frutos num futuro breve.

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Metade do ano não foi boa para os negócios internacionais em Goiás

19/07/2018

Não foi dos melhores o fechamento do semestre da balança comercial de Anápolis. Os dados, que acabam de ser divulgados pel...

Exportações goianas batem recorde em seis meses

12/07/2018

Uma boa notícia para a economia de Goiás. As exportações do Estado, no primeiro semestre deste ano, bateram recorde e som...

Preço do combustível cai em Goiás e derruba pauta do ICMS

12/07/2018

Informações da Secretaria Estadual da Fazenda dão conta de que houve queda no valor médio dos combustíveis praticado nos...

Anapolinos pagam menos pela cesta básica, segundo o PROCON

05/07/2018

O custo médio da cesta básica em Anápolis apresentou redução de 5,9% em um mês, de acordo com levantamento apresentado ...