(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Policial de Anápolis está no epicentro da crise entre o STF e a Procuradoria

Geral Comentários 17 de abril de 2019

Omar Rocha Fagundes é um dos investigados no inquérito solicitado pelo Ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal


Um policial civil de Anápolis está entre os investigados no inquérito aberto pelo ministro do Supremo tribunal Federal, Alexandre de Morais, a pedido do presidente da Corte, Ministro Dias Toffoli. O caso ganhou enorme repercussão na mídia e nas redes sociais, porque a medida tem sido vista por alguns como um possível ato de cerceamento à liberdade de imprensa. Inclusive, a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge, chegou a enviar um ofício ao STF, com uma ampla exposição de motivos na tentativa de arquivar o inquérito, o que acabou por gerar um mal estar entre o STF e a PGR, por conta do caso. Até o presidente Jair Bolsonaro usou a rede social para manifestar-se, ainda que de forma indireta, dizendo-se defensor da liberdade de expressão.
O inquérito foi pedido porque o Ministro Dias Tóffoli tem recebido ofensas graves e ameaças a ele próprio e ao STF. Em função disso, delegou ao Ministro Alexandre Morais conduzir o procedimento e este solicitou à Polícia Federal que fizesse as busca e apreensões, inclusive, de documentos e arquivo digitais de oito pessoas envolvidas, dentre elas, o policial Omar Rocha Fagundes, de Anápolis.
O despacho do Ministro Alexandre Morais, pormenoriza cada caso e, em relação ao policial anapolino, ele apresenta como justificativa as postagens que seriam atribuídas ao mesmo dizendo: “O nosso STF é bolivariano, todos alinhados com os narcotraficantes e os corruptos do país. Vai ser a fórceps”. Em outra postagem citado, ele teria dito: “o Peru fechou a corte suprema do país. Nós também podemos! Pressão total contra o STF”. Alexandre Morais ainda citou que, por ser um policial civil, Omar anda armado constantemente.
Em sua página no Facebook, o policial Omar Rocha Fagundes tem recebido dezenas de manifestações de apoio, já que muitas pessoas consideram que, embora ele tenha um discurso agressivo, não pode ser considerado uma “ameaça ao STF”.

Repercussão
no Senado
O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) anunciou que apresentará uma denúncia de crime de responsabilidade contra os ministros Alexandre de Moraes e Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele alega que os mesmos incorreram em abuso de poder ao instaurarem um inquérito e executarem medidas judiciais por conta própria, sem a participação do Ministério Público. O pedido também deverá subscrito por outros senadores. Já confirmados os apoios de Randolfe Rodrigues (Rede-AP), Lasier Martins (Pode-RS), Jorge Kajuru (PSB-GO) e Reguffe (sem partido-DF). A denúncia pode, até, dependendo do desdobramento, levar ao impeachment de Toffoli, que é presidente do STF, e de Moraes, segundo informou a Agência Senado. A denúncia seria apresentada ainda na quarta-feira, 17/04.
O inquérito foi aberto no último dia 14/04, por ordem do presidente do STF, Dias Toffoli. O ministro se valeu do artigo 43 do regimento interno do Supremo, que prevê investigações se ocorrer infração na sede do tribunal, e avaliou que os ministros têm jurisdição nacional, são ministros onde estiverem, por isso o inquérito podia ser aberto.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Funtec lança novos editais para apoiar as startups

25/04/2019

A Fundação de Desenvolvimento de Tecnópolis (Funtec) lançou três editais de fomento, em apoio a startups e a projetos in...

Promotora de Justiça lidera campanha de orientação junto às escolas do Município

25/04/2019

A Oitava Promotoria de Justiça de Anápolis promove uma campanha informativa em todos os colégios públicos e privados do M...

Maioria de fundações e associações é ligada a religião

25/04/2019

De acordo com o estudo Fundações Privadas e Associações sem Fins Lucrativos (FASFIL), realizado pelo IBGE, com dados cons...

Copa Sesc recebe inscrições até o dia 25 próximo

17/04/2019

Um dos maiores eventos esportivos no Estado, a Copa Sesc já está com inscrições abertas para esportes coletivos e individ...