(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Polícia na caça ao maníaco da região Norte

Cidade Comentários 14 de agosto de 2011

Criminoso já teria agredido sexualmente a quase uma dezena de mulheres, sempre empregando violência em suas abordagens. Delegada quer apoio da comunidade


Agentes da Delegacia de Proteção à Mulher, com o apoio de policiais de outras especializadas e da Polícia Militar, estão empenhados na localização e captura de um maníaco sexual que vem agindo na região Norte de Anápolis, fazendo sucessivas vítimas. Ele prefere mulheres bonitas, desacompanhadas e que estejam retornando do trabalho ou da escola. Sua última vítima reside no Jardim das Américas, Segunda Etapa, e foi abordada quando desceu do ônibus, nas proximidades de sua residência. O tarado age, quase sempre, armado de uma faca e arrasta as vítimas para um local ermo, previamente escolhido. Esta é, pelo menos, a narrativa feita por várias das mulheres agredidas nos últimos meses.
A delgada de Defesa da Mulher, Aline Soares Vilela, que tem nove anos de profissão, disse ao Contexto que a forma de agir em todos os casos aponta para uma única pessoa. Este maníaco age sozinho, preferencialmente no período noturno. De acordo com a delegada, todos os esforços estão sendo desenvolvidos com o propósito de se levantar qualquer pista que leve ao paradeiro do acusado. Um retrato falado, com base em depoimentos de testemunhas, foi feto recentemente e está sendo distribuído por vários setores de Anápolis. O suspeito é jovem (22 a 25 anos), tem, aproximadamente, 1,62 m. de altura, pele clara e teria uma espécie de defeito físico que o impede de caminhar corretamente. Na região onde aconteceu a maior parte dos crimes (Jaiara, Bandeiras, Jardim Progresso, Parque Iracema e Jardim das América) existe uma espécie de pânico, embora a polícia tenha feito constantes incursões no sentido de prender o maníaco.
Muitos casos
Os casos de crimes sexuais em Anápolis estão na faixa de preocupação das polícias. A imprensa, notadamente as emissoras de rádio, tem se ocupado, nos últimos dias, do relato de crimes sexuais, muitos deles praticados com crueldade. Na semana passada registrou-se o estupro de uma menina de 12 anos. Também no mesmo período, a Polícia anotou o caso de um homem de 48 anos que teria violentado a própria sogra de 82 anos, deficiente física e com sérios problemas de saúde. Somam-se a esses, pelo menos, mais três ou quatro casos de estupros e atentados violentos ao pudor.
Para a delegada Aline Vilela, esse tipo de crime é de difícil prevenção, mas a comunidade pode, e deve, adotar procedimentos que evitem e que colaborem com a polícia. De acordo com ela, a presença de pessoas e/ou veículos estranhos às comunidades deve ser denunciada à polícia. Também é importante que as mulheres, sempre que possível, deixem de andar desacompanhadas, transitem por locais ermos e, principalmente, não atendam a chamado ou a abordagens de pessoas estranhas nas ruas. “A Segurança é um dever do Estado, mas uma obrigação de todos”, diz a Delegada, afirmando que a sociedade precisa colaborar, denunciando qualquer ato suspeito. No caso do maníaco sexual da Região Norte, a bacharel Aline Vilela disse que é preocupante e que a Polícia não vai desistir de capturá-lo.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...