(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Polícia Civil parada por falta de combustível

Geral Comentários 26 de maro de 2011

A falta de combustíveis para os veículos da Polícia Civil em Anápolis já ultrapassou dez dias. Até na quinta-feira, 24, as viaturas estavam praticamente paradas, mas havia a expectativa de que nas próximas horas chegasse um pouco de gasolina e de álcool


Não fosse a solidariedade de algumas pessoas dentre elas o ex-vereador e médico Cláudio Abadia de Paiva e o líder sindical Afonso Rodrigues Carvalho (Magaiver) a situação seria pior. Os dois fizeram a doação de combustível para que, pelo menos parte da frota pudesse rodar nos últimos dias. Cláudio Paiva doou 50 litros para a Polícia Científica e Afonso Rodrigues disse ter doado dois tanques cheios nos últimos dias. A única viatura que ainda faz deslocamentos e cumpre diligências é uma camionete com motor movido a diesel, à disposição do GENARC (Grupo Especial de Controle do Narcotráfico) e que vem realizando as tarefas de emergência.
Na tarde da quinta-feira, 24, o agente policial Divino Inácio da Silva Sobrinho, coordenador de distribuição de combustíveis confirmou ao CONTEXTO que não havia uma gota sequer de álcool ou de gasolina. Segundo ele, havia informações de que estavam sendo tomadas providências para que uma partida de álcool e de gasolina fosse envida para Anápolis. Convém salientar que nas bombas que ficam na sede da especializada, Rua Leopoldo de Bulhões, são abastecidas viaturas de Anápolis e de várias outras cidades integrantes da Terceira Regional de Polícia baseada no Município. Ainda, segundo Divino Inácio, em algumas cidades os prefeitos, autoridades e, até, empresários, estão colaborando, doando combustíveis para que as viaturas não fiquem estacionadas.
Situação
A reservação de combustíveis da Polícia Civil em Anápolis é de 30 mil litros (15 mil de álcool e 15 mil de gasolina) produtos que estão faltando há dias. A gasolina, por exemplo, não é enviada há cerca de duas semanas. O álcool teve as remessas interrompidas há 11 dias. Como a maioria dos carros é do sistema flex (utilizam os dois combustíveis), não houve como precisar qual foi o maior consumo. E, ainda dependendo de confirmação oficial, fala-se que também a Policia Militar estaria com sua capacidade de abastecimento no limite, ou seja, necessitando, com urgência, de reposição no estoque.
Com a falta de gasolina e de álcool, todo o serviço desenvolvido pela Polícia Civil na região está prejudicado. A origem do problema estaria no campo administrativo, uma vez que, segundo a Secretaria de Segurança Pública, a empresa fornecedora de combustíveis, através de contrato gerado em licitação, deixou de fornecer, por conta de prejuízos que estaria havendo depois que as distribuidoras aumentaram o valor da litragem para o comércio varejista. Ainda segundo as explicações, o Governo não tem meios legais para adquirir o produto de outra forma. Enquanto o impasse não se resolve, a frota da Polícia Civil está praticamente parada em todo o Estado, prejudicando, sensivelmente, o andamento do trabalho de sua responsabilidade. Em Anápolis, por exemplo, somente são feitas diligências inadiáveis, de extrema necessidade. Há casos em que o combustível é conseguido pela ação direta dos policiais.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Anapolino é destaque em competição nacional

21/09/2017

Na última segunda-feira, 18, o prefeito Roberto Naves recebeu em seu gabinete o jovem Gabriel Douglas Araújo, estudante da ...

Promotores de Justiça têm encontro em Anápolis

21/09/2017

Os encontros regionais da Procuradoria Geral de Justiça Presente e de elaboração do Plano Geral de Atuação do Ministéri...

Entenda o que é trabalho intermitente

21/09/2017

A Reforma Trabalhista tem um ponto que necessita de grande destaque, que é a criação de um novo modelo de trabalho que at...

Projeto ampara crianças em situação de risco

21/09/2017

Será lançado nesta sexta-feira, 22, o Projeto Querobem. A solenidade está marcada para o auditório do Bloco F, da UniEVAN...