(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Polícias Civil e Militar recuperam carga roubada avaliada em R$ 1 milhão

Geral Comentários 06 de outubro de 2016

Em uma ação conjunta foram presos quatro criminosos integrantes da quadrilha, três cavalos de carretas e dois bloqueadores de sinal


Quatro integrantes de uma quadrilha de furto e roubo de cargas foram presos em Anápolis na madrugada da última quarta-feira, 05 depois de roubarem um caminhão que transportava uma carga com vários produtos da marca Bic, avaliada em R$ 1 milhão. A prisão ocorreu em uma ação conjunta das policias Militar e Civil, por equipe dos Grupos Especiais de Repressão a Narcóticos (Genarc) e a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri) e do 28º Batalhão da Polícia Militar.
De acordo com a delegada titular do Genarc, Carla Bem Monteiro, foram presos em flagrante delito nesta operação conjunta, Alex Moisés, 31 anos; Lucas Jordão de Almeida de Souza, 25 anos, Igor Ferreira Bolina, 20 anos e Jonathan de Araújo Paiva, 23 anos, em um galpão na periferia da Cidade cujo endereço foi mantido em sigilo pela delegada. Ela revelou, no entanto, que o assalto foi praticado na praticado na BR-153, no Município de Rianápolis, depois que os integrantes de quadrilha foram denunciados através de um telefonema anônimo.
Carla Monteiro informou que o caminhoneiro foi abordado por volta das 19 horas da noite anterior e levado para uma estrada vicinal onde foi abandonado. Segundo ela, a denúncia anônima foi feita antes do registro da ocorrência, realizado pelo proprietário do caminhão somente depois que o equipamento que rastreia o veículo deixou de funcionar.
Além da carga, avaliada em R$ 1 milhão, a polícia recuperou o próprio caminhão que a transportava, um cavalo de caminhão utilizado pelos criminosos durante o roubo da carga. Sem fornecer detalhes, a delegada disse que o veículo furtado pela quadrilha foi, também, objeto de ação delituosa praticada pelos seus autores.

Cavalos de caminhão
Na mesma ação foram, também, recuperados outros dois cavalos de caminhões roubados em ocasiões anteriores e dois bloqueadores de sinal que teriam sido utilizados em um dos veículos que foram apreendidos com os criminosos. Carla Monteiro confirmou que o furto e roubos de cargas na região de Anápolis é um problema sério que precisa da permanente vigilância da polícia.
De acordo com a delegada, na região atuam algumas quadrilhas cujos integrantes vivem em Anápolis, se passando como pessoas de bem. “São pessoas que vivem como cidadãos comuns”, revelou Carla Monteiro, explicando que elas detém um considerável bem patrimonial, muitos veículos e movimentam muito dinheiro. Para ela, as pessoas precisam, também, ficar atentas porque os integrantes dessas quadrilhas se passam por pessoas do bem, sem levantar suspeitas.
Ela confirmou que nos próximos dias estará assumindo a Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri), hoje ocupada pelo delegado Daniel Nunes, que é, também, delegado do 7º Distrito Policial, no Parque Brasília. Segundo Carla Monteiro, o novo cargo será desempenhado juntamente com o Genarc, onde ela é delegada titular. A data em que irá assumir o Gepatri depende, apenas, de acertos burocráticos.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Construtores vão arrecadar doações

24/11/2017

No início da noite da última terça-feira,21, foi realizada a solenidade de lançamento de mais uma edição do projeto ACA...

Genérico contra o câncer de próstata

24/11/2017

Os pacientes que enfrentam o câncer de próstata poderão contar com mais uma alternativa de tratamento: na próxima segunda...

Médica anapolina no comando de UTI

24/11/2017

A médica Ludhmila Hajjar vai assumir a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio Libanês, em Brasília. Bastant...

Lei institui o programa MP de Olho na Bomba

24/11/2017

Foi publicada no Diário Oficial de Goiás da última terça-feira, 21, a Lei nº 19.888, que aprova o projeto MP de Olho na ...