(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Polícia prende trio que matou mulher de 83 anos

Geral Comentários 22 de janeiro de 2016

A anciã sofreu, ainda, violência sexual. Autores eram conhecidos da vítima


Já estão presos na Cadeia Pública de Anápolis e à disposição da Justiça, os indivíduos Luan Guilherme Gomes de Souza (25 anos); Bruno Pereira Balduíno (25 anos) e Fernando Antônio da Costa (27 anos), acusados pelo assassinato da anciã Maria Pedro da Silva, 83 anos. O crime ocorreu na passagem de ano (noite do dia 31 de dezembro de 2015), na residência da vítima, no Conjunto “Filostro Machado”, quando esta retornava de um culto religioso. Pesa contra o trio a acusação de haver espancado, violentado sexualmente e assassinado a idosa com requintes de crueldade e por motivo torpe e banal. Eles queriam roubar eletroeletrônicos de sua propriedade para venderem e/ou trocarem por drogas. Os três já têm várias passagens por delegacias de polícia, sob diferentes acusações. O corpo da senhora foi encontrado na manhã do dia primeiro de janeiro por familiares que sentiram a sua falta.
O crime, tido como um dos mais cruéis dos últimos tempos em Anápolis, chocou a população, tendo em vista as características com que foi perpetrado. As investigações foram conduzidas pelo delegado Daniel Nunes Guimarães que, seguindo pistas e informações anônimas, chegou à localização dos suspeitos. Na delegacia, eles se revezavam em acusações mútuas sobre a autoria do assassinato, embora concordassem que praticaram o arrombamento e o roubo dos aparelhos. Familiares da vítima, entretanto, afirmam, categoricamente, que não duvidam ser Luan o autor da morte da anciã. Ele, inclusive, desfrutava da confiança dela, conhecia seus hábitos, frequentava sua casa e mantinha boa convivência com Maria Pedro. Foi isto o que mais chocou a opinião dos moradores do Conjunto “Filostro Machado”. Luan estava escondido na casa de parentes na cidade de Santo Antônio do Descoberto, entorno de Brasília, onde foi preso na segunda-feira, 18. Os dois outros permaneciam em Anápolis, pois acreditavam que não seriam identificados. A Polícia Civil solicitou coleta de material genético do trio para definir a participação de cada um no crime.
Mais violência
No começo desta semana a Polícia Civil, finalmente, identificou o sujeito conhecido por “Uberlândia” que fora torturado e assassinado por três homens que, igualmente, estão presos: Ivo Jesus; Marcos Alves Vilaça, o “Candango” e David dos Santos Faria, o “Bebê”. Trata-se de Castilho Fernandes Santos, 35 anos, natural de Goiânia e com algumas passagens por delegacias policiais, acusado da prática de crimes diversos, inclusive em Anápolis. Sua identificação foi feita através do banco de dados e de material datiloscópico da Secretaria de Segurança Pública. Ele foi sepultado em Anápolis, pois não apareceu qualquer parente para reclamar o corpo.
Ainda nesta semana a Polícia registrou mais um assassinato e uma tentativa de homicídio. Na Vila São Joaquim, foi preso, em flagrante, Jonathan dos Santos Oliveira, acusado de matar a facadas o carroceiro Valmi Alves da Silva, na Avenida Pedro Ludovico. O motivo teria sido um desentendimento entre ambos e, da troca de insultos ocorrera o desfecho fatal. Preso em flagrante, Jonathan, entretanto, reservou-se ao direito de só falar em juízo. Foi recolhido ao Centro de Inserção Social (Cadeia Publica) “Monsenhor Luiz Ilc”.
Outro caso de violência contra a pessoa foi a tentativa de homicídio sofrida por Bruno Eduardo Mendes, na noite do último dia 21, no interior de um templo religioso, no Bairro Santo Antônio. Ele foi esfaqueado por Joel Nunes, com quem tinha uma desavença. O autor foi preso em flagrante e confessou a autoria da tentativa. Alegou, em sua defesa, que fora esbofeteado no rosto pela vítima. Esta, levada ao Hospital de Urgências “Doutor Henrique Santillo” foi socorrida a tempo e, a princípio, não corria o risco de morrer.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Lei mira a perturbação do sossego público

14/09/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) encaminhou à Câmara Municipal um projeto promovendo modificações na Lei Complementar 279/2...

Aumenta demanda por atendimento

08/09/2017

Revelados nesta segunda feira (4), pela dirigente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Eriz...

Prazo para adesão próximo de acabar

31/08/2017

Contribuintes que estão inadimplentes com a Prefeitura de Anápolis têm até o dia 14 de setembro para quitar suas dívidas...

Ação contra Carla Santillo prescreveu

31/08/2017

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) entendeu estar prescrita a ação em desfavor de Carl...