(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

POLÍCIA: Criminalidade preocupa as autoridades e a população

Polícia Comentários 23 de dezembro de 2015

A onda de crimes em Anápolis, é uma preocupação constante das autoridades e, mais ainda, da população. Destaques negativos para os crimes contra a vida, ainda, com índices altos


Morte no Parque da Cidade
O ano começou com o registro do afogamento de um rapaz de 17 anos no Parque da Cidade (saída para Goiânia, próximo ao trevo do DAIA). Segundo informações de pessoas que estiveram no local da tragédia, Bruno Gomes da Silva estava com outros amigos no local e se afogou ao tentar atravessar o lago. Ele foi resgatado pelos bombeiros, que fizeram várias tentativas de reanimação, sem sucesso. Bruno morreu no local.

Regime aberto
Uma situação tem causado constrangimento em Anápolis, às autoridades do Judiciário e do Ministério Público. Há vários anos, a Cidade deixou de contar com um albergue para receber os apenados do regime aberto. Também não há um local, conforme preconiza o Código Penal, para destinar os presos do semiaberto. Para o Juiz de Direito Mateus Milhomem e, conforme o Promotor Lucas César Costa Ferreira, é necessário unir esforços, urgentemente, para reverter esta situação.

Acelerar a obra do presídio
Em visita ao canteiro de obras do novo presídio de Anápolis, o Promotor de Justiça Lucas César da Costa Ferreira, que atua na área de execução penal, afirmou que estuda medidas a serem tomadas para que as obras da unidade sejam aceleradas e entregues dentro do prazo contratual, previsto para mês de abril próximo. Entretanto, ele reconhece que será muito difícil atender ao cronograma, devido à falta de serviços importantes de estrutura, como a Estação de Tratamento de Esgoto. Enquanto isso, segue preocupante a situação do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc”, que já chegou a ter cerca de 500 detentos, quando deveria abrigar, apenas, em torno de 180.

Perigo na Estrada
PRF apreende carga “explosiva”
A Polícia Rodoviária Federal de Anápolis apreendeu, na BR-060, durante uma abordagem de rotina, uma carreta carregada com 46 toneladas de nitrato de amônia, uma das matérias primas utilizadas na fabricação de explosivos, como dinamites. Segundo a PRF, o transporte estava sendo feito de forma irregular.

Casal incendiado por traficantes
Richard Rodrigues Toledo, 22 anos de idade, e Emilene Aristides dos Santos, 39, foram vítimas de um ato cruel: eles sofreram tentativa de homicídio com o emprego de substância inflamável, provavelmente gasolina, o que resultou em fortes queimaduras. O crime teria sido praticado por traficantes de drogas, segundo a polícia.

Festa com bebida no tanquinho
Através de uma denúncia, a Polícia Militar acabou com uma festa nada comum. Dela, participavam dezenas de adolescentes trajando uniformes escolares e no horário em que deveriam estar em sala de aula. Pior, eles ingeriam bebida alcoólica que era preparada num tanquinho de lavar roupas.

Excesso de trabalho
Foi instalada, em Anápolis, a terceira unidade do Centro Judiciário de Solução de Conflitos. O objetivo é contribuir para dar mais celeridade no julgamento de processos da Comarca. Para se ter uma ideia, eles somam cerca de 150 mil, distribuídos em 20 varas e juizados, o que daria uma média de 7,5 mil processos para cada magistrado.

Rota do roubo de cargas
A região de Anápolis, proporcionalmente, foi considerada uma das principais rotas do roubo de cargas no País. Muitas transportadoras de cargas, em nível nacional, chegaram a orientar os seus motoristas a redobrarem os cuidados aos trafegarem pelas rodovias que cortam o Município. Há, ainda, a suspeita de que uma rede de receptadores destas cargas esteja funcionando na região.

ProCarga Goiás
O secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, anunciou a integração de Anápolis ao programa ProCarga Goiás, cujo objetivo é unir esforços em ações de prevenção e combate ao furto e roubo de cargas na região. O assunto foi tratado numa reunião na sede da SSP-GO pelo jornalista Vander Lúcio Barbosa, a pedido do Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor de Anápolis.

Jovem assassinado brutalmente
Mais um jovem morreu de forma brutal. Ramon Borges Rocha, de 24 anos de idade estava em companhia da namorada e foi abordado por dois homens em uma motocicleta, que disparam três vezes contra o rapaz. Ramon não tinha antecedentes criminais.

Moradores de rua mortos
No mês de junho, em uma semana, dois moradores de rua foram encontrados mortos em Anápolis. A princípio, não há correlação entre esses crimes, mas em comum eles chamam a atenção pela forma brutal como foram praticados. Uma das vítimas foi encontrada num “mocó” existente em plena região central da Cidade.

Flanelinha X delegado
Um fato ocorrido envolvendo um delegado de polícia aposentado e um “flanelinha”, foi amplamente debatido nas redes sociais. O rapaz, que estaria vigiando o carro, atirou pedras contra o automóvel da autoridade policial e este, por sua vez, jogou o veículo para cima do flanelinha. Segundo a polícia, o caso estava sendo apurado. Ninguém foi preso.

Pouco tempo na cadeia
O secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, esteve em Anápolis para entregar a obra de reforma da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais, da 3ª Regional da Polícia Civil e lançar, oficialmente, o Núcleo de Análise Criminal do Observatório de Segurança. Na oportunidade, ele apresentou um dado alarmante sobre o tempo de permanência de criminosos nas cadeias de Goiânia e Anápolis. A média, segundo um levantamento por ele encomendado, é de 41 e 42 dias, respectivamente.

Crime de “Veím” é elucidado
Divino Cândido da Silva, conhecido como “Veím”, foi assassinado nas proximidades de um bar no Conjunto “Filostro Machado”. O fato ocorreu há 15 anos e, somente no mês de julho último, foi elucidado. A Polícia Civil apresentou Arlindo Pereira de Souza, chamado de Beto, como acusado do homicídio.

Sem comida na cadeia
O alerta foi dado pelo Conselho da Comunidade do Sistema Prisional da Comarca de Anápolis e confirmado pelo Ministério Público. Os próprios presos preparavam as refeições, reforçadas com alimentos levados por familiares nos dias de visitação. O problema foi resolvido.

Rigor contra corrupção
O Ministério Público Federal começou a colher, em todo o Brasil, assinaturas de cidadãos que apoiam dez medidas para aprimorar a prevenção e o combate à corrupção e à impunidade. As propostas de alterações legislativas buscam evitar o desvio de recursos públicos e garantir mais transparência, celeridade e eficiência ao trabalho do Ministério Público brasileiro com reflexo no Poder Judiciário. A íntegra das medidas e a ficha de assinatura estão disponíveis no site www.10medidas.mpf.mp.br.

Juizado da Mulher será implantado
A data ainda não foi definida, mas já é certo que Anápolis contará com um Juizado Especial da Mulher. O Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, Desembargador Leobino Chaves, recebeu o título de Cidadania Anapolina, e anunciou a medidas. Também foram entregues as obras de reforma no prédio do Fórum.

Feminicídio
Autor confesso do homicídio que chocou Anápolis, Roberto Brasil Costa Júnior, 29 anos, foi preso no Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc”. Segundo a polícia, ele matou com 11 facadas a companheira Gerlândia Maria da Silva Costa, 30 anos, pois não aceitou o fim da relação. O crime brutal foi registrado em câmeras de segurança.

Corpo de Bombeiros
O Corpo de Bombeiros do Estado de Goiás realizou a troca de comando na 3ª Regional da corporação, sediado em Anápolis. Durante solenidade militar, com a presença de autoridades, o Coronel Mateus Dewilson assumiu o posto deixado pelo, também, Coronel Celso Ofugi.

Pedofilia: campanha nacional
O juiz Mateus Milhomem de Souza, do 1º Juizado Especial Criminal da Comarca de Anápolis, buscou apoio de parlamentares no Congresso Nacional, para que seja elaborada uma lei criando o cadastro de acompanhamento de condenados por crimes sexuais, pedófilos e predadores sexuais.

Greve dos servidores
Os servidores e serventuários da Comarca de Anápolis aderiram à paralisação da categoria, com a promessa de só acabar quando for sancionada e publicada a lei estabelecendo a recomposição de 7% da data base para o quadro efetivo, bem como outras reivindicações.

Os mais violentos
No ano passado, a taxa de homicídios registrada em Goiás ficou entre as mais altas do País. No ranking nacional, o Estado amargou a sexta colocação e chegou a esta incômoda posição por ter registrado 39 assassinatos por cada grupo de 100 mil habitantes. O Estado mais violento, no ranking, é Alagoas.

Gepatri é inaugurada
Fruto de um trabalho liderado pelo Sindicato do Comércio Atacadista e Distribuidor de Anápolis, Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (SITTRA), Rotary Anápolis Oeste, com apoio do Jornal Contexto, o Grupo Especial de Repressão ao Crime contra o Patrimônio Público hoje é uma realidade, depois de ser instalado, junto ao 7º Distrito Policial.

Chacina do Novo Paraíso
Em novembro, foi realizada a sessão do júri popular, que teve no banco dos réus Rogério Lopes dos Santos, acusado de matar a avó e três irmãos com golpes de enxada na casa onde morava a família, no setor Novo Paraíso. A chacina causou grande comoção e ficou conhecida como a noite dos horrores. O rapaz foi condenado pelos crimes.

Onda de assassinatos
Em novembro, a violência voltou a incomodar os anapolinos. Vários assassinatos ocorreram na Cidade. Num deles, Rogério Cabral de Oliveira, de 36 anos, morreu no Hospital de Urgência, onde estava internado, depois de levar uma facada dentro de sua própria casa. Outro crime que chamou a atenção foi o duplo homicídio que teve como vítimas dois jovens, ambos de 22 anos. Mário Henrique de Souza e Paulo Henrique Soares Silva, o “Pretinho”, foram mortos em um churrasquinho na Rua Glória, no setor central. Mário foi chamado para ir ao local e lá foi emboscado por desconhecidos. A morte do rapaz foi presenciada pelo seu pai.

Brasil Integrado
Com o objetivo de combater diversos tipos de crimes, a Operação Brasil Integrado, que ocorreu simultaneamente em diversas cidades brasileiras, foi realizada em Anápolis pela segunda vez, em novembro. Um dos alvos foi a fiscalização na conhecida feira da marreta, que funciona diariamente na Avenida “Ayrton Senna”. Houve também, durante a operação - que envolve diversas forças de segurança - uma grande apreensão de drogas coordenada pelo Genarc e a prisão de elementos envolvidos.

Ato de coragem
Há 18 anos, Maria Ivone da Silva veste a farda da PM, hoje com a patente de sargento. Ela já participou de várias operações que são inerentes ao trabalho na corporação. Mas, com certeza, nenhuma teve tanta repercussão como a que ocorreu no mês de novembro último. Num gesto de coragem, ela prendeu - sozinha - um homem que estava armado com uma faca e que tinha acabado de matar uma pessoa numa briga de bar. O fato fez sucesso nas redes sociais.

Operação Banquete
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de Goiás, realizou uma megaoperação em Anápolis, para prender um grupo que estaria praticando fraudes em licitações em três municípios: Rio Verde, Caldas Novas e Cocalzinho de Goiás. O prejuízo ao erário passa de R$ 500 milhões.

Pirenópolis sem cadeia
Apesar de ser um dos principais e mais movimentado roteiros turísticos de Goiás, com um calendário de mais de 50 festas anuais, a cidade de Pirenópolis, há 15 anos não tem cadeia pública. O pior é que as cidades vizinhas se recusam receber as pessoas que são presas por algum motivo, naquele Município.

Medo no Bairro de Lourdes
Moradores do Bairro de Lourdes, na região Leste de Anápolis, ficaram assustados com dois crimes ocorridos em locais bem próximos um do outro, que resultaram na morte de duas pessoas. Os casos estão sendo investigados pela polícia, que já considera aquela região como sendo de alto risco.

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Polícia

31ª CPE está sob novo comando

20/07/2017

Foi realizada na manhã de quinta-feira,20, a solenidade de passagem de comando da 31ª Companhia de Policiamento Especializa...

Plano de Segurança precisa de maior participação popular

26/05/2017

O Plano Municipal de Segurança deve dar um novo rumo à política de enfrentamento à criminalidade e à violência em Anáp...

Tragédia no Lago Corumbá ainda envolta em completo mistério

27/04/2017

O Delegado Regional da Polícia Civil, Fábio Vilela, destacou três delegados - Renato Rodrigues, Vander Coelho e Cleuton Lo...

Organização criminosa fraudava Seguro Desemprego na região

19/04/2017

A manhã de quarta-feira, 19, foi de intensa movimentação na sede da Delegacia da Polícia Federal em Anápolis. Por volta ...