(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

PMN anuncia pré-candidatura ao Governo de Goiás em 2018

Política Comentários 29 de junho de 2017

Delegado aposentado da Polícia Federal, Humberto Evangelista, terá seu nome lançado no mês que vem em Anápolis


O delegado aposentado da Polícia Federal, Humberto Evangelista, deve disputar a sucessão do Governador Marconi Perillo (PSDB), na eleição de 2018. Ele está sendo apresentado pelo presidente do PMN em Anápolis e vice-presidente regional da legenda, Sargento Anderson José.
O lançamento da candidatura do Partido da Mobilização Nacional já tem, inclusive, um roteiro estabelecido. Ele se dará através de quatro encontros regionais: o primeiro deles será em Anápolis, no dia 29 de julho próximo, com a presença de lideranças nacionais e regionais; o segundo em Rio Verde, o terceiro na região do Entorno de Brasília e o último encontro em Goiânia. Para o encontro de Anápolis, foi convidado a participar o Prefeito de Curitiba-PR, Rafael Greca.
O pré-candidato do PMN, Humberto Evangelista, em entrevista ao Jornal Contexto, assinalou que é a primeira vez que está se filiando a uma agremiação partidária e, também pela primeira, está disputando um cargo público. Ele reconhece que não será uma missão fácil, pelo peso que representa esta disputa. Mas, afirma que está confiante e consciente de seu papel, enquanto cidadão, que quer dar uma contribuição para uma mudança de rumo no comando político-administrativo de Goiás. “O povo quer mudança, está cansado do que aí está”, diz, acrescentando que a segurança pública e a educação são os principais motes do projeto político.
De acordo com o ex-delegado da Polícia Federal, a população hoje está presa e refém da violência. Daí, em sua opinião, a necessidade de que o Estado tenha uma ação mais enfática e enérgica. “Nós, enquanto cidadãos e homens públicos, temos de trabalhar para que Goiás seja um local para homens e mulheres de bem”, enfatizou.
Humberto Evangelista destacou que, ao aceitar o convite da pré-candidatura, fez um comunicado ao superintendente da PF em Goiás, Delegado Humberto Ramos Rodrigues. “Tivemos da parte dele e dos colegas uma boa aceitação do nosso projeto e da nossa proposta política”, assinalou o futuro pré-candidato do PMN ao Governo de Goiás, dizendo que também já teve o respaldo da família. “Estou pronto para o desafio”, frisou.
OUTROS NOMES
A disputa pela governadoria promete ser acirrada no ano que vem. Até o momento, alguns nomes já estão sendo colocados, dentre eles: o do Senador Ronaldo Caiado (DEM); do Vice-Governador José Éliton (PSDB); da Senadora Lúcia Vânia (PSB); do Deputado Federal Daniel Vilela (PMDB). Há, também, a possibilidade de o Partido dos Trabalhadores lançar o nome do ex-prefeito e atual vereador, Antônio Gomide.
A se conformarem estes nomes, Anápolis terá uma presença forte na disputa sucessória com as possíveis candidaturas de Antônio Gomide, Ronaldo Caiado e Humberto Evangelista, que são naturais do Município e Lúcia Vânia, ex-primeira-dama de Anápolis.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Câmara homenageia professores com a outorga de comendas

20/10/2017

A Câmara Municipa, realizou, na última terça-feira,17, no Teatro São Francisco, sessão solene para a outorga da Comenda ...

Justiça faz trocar armas com defeito

20/10/2017

O juiz de direito da 2ª Vara da Fazenda Pública Estadual, Ricardo Prata, acatou ação impetrada pelo Governo de Goiás e d...

Governo faz homenagem a jovens com a comenda

20/10/2017

A ação transformadora da juventude e a reafirmação das liberdades democráticas foram destacadas pelo governador Marconi ...

Baldy relata projeto de fiscalização em insntituições financeiras

19/10/2017

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (18), o projeto de lei que aumenta o poder de Banco Central do B...