(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

PM reforça policiamento especializado em Goiás

Segurança Comentários 16 de abril de 2014

Em Anápolis, o comando da corporação está reforçando o Grupo de Patrulhamento Tático


A Polícia Militar realizou no início desta semana a inclusão de 25 policiais ao Batalhão de Choque. O aumento do efetivo integra as ações programadas para combater a criminalidade e reforçar a segurança da população. No ano passado, a unidade conquistou sua sede própria, realizou dois cursos de formação, recebeu novas viaturas, coletes antibalísticos e armamento. O Curso de Operações de Choque foi realizado sob a coordenação do Comando de Ensino da Polícia Militar.
O Comando Geral da Polícia Militar, dando continuidade ao processo de fortalecimento das unidades especializadas, realizou, em 2013, abertura de seleção interna para reforçar o efetivo do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro). Criado em 1998, o Giro apresenta uma resposta mais rápida ao atendimento de vários tipos de ocorrências.
No dia 22 de abril completa um ano que as Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam) retornaram às ruas 24 horas. A volta do grupo de elite em tempo integral marca o recomeço das ações de reestruturação e reforço das especializadas. Em menos de um ano, a Rotam triplicou seu efetivo e quadruplicou o número de equipes nas ruas.
No ano passado, com a inclusão de 25 integrantes à Companhia de Operações Especiais (COE), a PM fortaleceu ainda a unidade responsável pela atuação em situações críticas que envolvem sequestro, resgate de reféns, incursões em locais de alto risco e outras modalidades de ocorrências mais graves.Também em 2013, a Polícia Militar realizou o 1º Curso Tático Explosivista Policial (CTEP). Os policiais militares, dentre eles duas mulheres, passaram a integrar o efetivo da Companhia de Operações Especiais (COE), especializada em atender ocorrências na capital e no interior, que envolvem ameaças de bomba e outros artefatos explosivos.

Tráfico de drogas
Criado em abril de 2012 com o objetivo de reforçar a fiscalização nas divisas, o Comando de Operações de Divisas (COD) contabiliza recorde de apreensões de drogas em Goiás. Desde sua implantação, a unidade apreendeu quase 10 toneladas de entorpecentes (9,9 mil quilos). O COD se destaca também pela sua atuação de repressão e combate aos crimes de contrabando, descaminho, receptação, roubo e porte ilegal de arma de fogo.
Para impulsionar as ações do Comando de Operações de Divisas, o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Sílvio Benedito Alves, destaca que cinco novas bases serão instaladas este ano nos municípios de São Miguel do Araguaia, Britânia, Luziânia, Catalão e Itumbiara. Atualmente o COD conta com bases nas cidades de Cachoeira Alta, Aporé, Chapadão do Céu, Piranhas, Jataí, Goiânia, Corumbaíba, Cabeceiras, Posse e Campos Belos. Com a implantação das novas unidades, o COD contará com 15 bases localizadas em pontos estratégicos de Goiás.
Complementando o processo de reestruturação das companhias e batalhões especializados, a PM criou, em Aparecida de Goiânia e na cidade de Goiás, a Companhia de Policiamento Especializado (CPE), concluiu o 1º Curso de Condutores de Cães de Emprego Policial (Cocep), reforçou o policiamento especializado em Anápolis e os Grupos de Patrulhamento Tático (GPTs) nas cidades do interior.
O Comandante-Geral da PM, coronel Sílvio Benedito Alves, explica que as ações de fortalecimento das unidades especializadas atendem às diretrizes do Governo do Estado, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e integram o planejamento estratégico elaborado pelo comando da corporação. “As unidades especializadas desempenham uma importância fundamental, apoiando e realizando grandes ações de prevenção e combate à criminalidade”, complementa.
Além das ações repressivas, coronel Silvio Alves ressalta que a PM goiana também está antecipando o trabalho preventivo nas ruas. “Embora Goiânia não seja uma cidade-sede da Copa do Mundo, estamos bem perto de Brasília e estaremos preparados para intervir em situações de vandalismo, garantir a incolumidade das pessoas e o exercício pleno da democracia”, pontuou.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Segurança

Comitiva do Ministério da Ciência e Tecnologia visita a ALA 2

12/10/2017

Na última terça-feira,11, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) visitou...

Implantação do Polo de Defesa poderá ter linha de crédito federal

12/10/2017

Resultado da reunião ocorrida na última terça-feira, 10, com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, o projeto de implantaç...

Fugas expõem fragilidade na segurança da Cadeia Pública

06/10/2017

No domingo, primeiro de outubro, quatro presos conseguiram escapar do Centro de Inserção Social “Monsenhor Luiz Ilc” ap...

ALA 2 começa a se preparar para receber os primeiros caças Gripen

08/09/2017

Denominada de Base Aérea de Anápolis até dezembro do ano passado e, a partir de então, de ALA 2, a unidade local da Forç...