(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Plano de Manejo da APA entra para a fase final

Meio Ambiente Comentários 25 de outubro de 2018

Última oficina participativa de prezoneamento foi realizada em Anápolis no último dia 24. Novo documento sai em dezembro


A empresa catarinense de engenharia e projetos STPC promoveu em Anápolis no dia 24 deste mês, a última oficina participativa de prezoneamento com vistas à elaboração do projeto de revisão do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental do Ribeirão João Leite, uma área com mais de 72 mil hectares, dos quais 40% situados no Município de Anápolis, mas onde também estão localizados os municípios de Goiânia; Terezópolis de Goiás; Goianápolis; Nerópolis, Campo Limpo de Goiás e Ouro Verde de Goiás.
Realizada no auditório do Parque Ipiranga, esta última oficina fechou o mesmo trabalho que, também, foi promovido em todos os outros seis municípios que integram a APA do João Leite desde julho, quando foram feitos debates e colhidas as propostas de todos os segmentos sociais que os representam para suas inserções no novo Plano de Manejo, previsto para ser concluído em novembro e ser apresentado em dezembro.
De acordo com a bióloga Letícia Ulandowski, no total, foram realizadas 14 oficinas que, juntas, consumiram mais de 120 horas de debates e discussões sobre as restrições impostas pelo Plano de Manejo em vigência e sobre as propostas de revisão do novo documento. Ela lembrou que o Plano em vigor é de 2009 e que o novo documento reunirá as propostas apresentadas por todos os municípios que integram a APA do João Leite, observados seus aspectos legais e normas impostas pela legislação ambiental.
“O novo Plano de Manejo deve atualizar o zoneamento e o planejamento da APA do Ribeirão João Leite, de acordo com as características encontradas atualmente”, disse. E, explicou que o trabalho da equipe técnica se concentra, agora, na definição do zoneamento da APA, tendo por base as informações coletadas nas 14 oficinas realizadas nos municípios que a integram.

Diagnóstico
A bióloga informou que na última oficina foram consolidadas as contribuições da sociedade para a revisão do Plano de Manejo, apresentado o resultado do atual diagnóstico da APA feito com base em um trabalho de campo, com propostas de ações em suas zonas estratégicas. E que, na elaboração do novo Plano de Manejo a equipe técnica da empresa vai se concentrar nas propostas de proteção dos recursos hídricos do Ribeirão João Leite, de forma a assegurar condições para o uso do solo compatíveis com a preservação desses recursos hídricos e conciliar as atividades econômicas e a sua preservação ambiental.
A equipe técnica, na elaboração do novo Plano de Manejo, vai assegurar a proteção de remanescentes do bioma do Cerrado, a melhoria da qualidade de vida da população que reside na APA do João Leite, por meio de orientação e disciplinamento de suas atividades econômicas e também o disciplinamento do turismo ecológico com o fomento da educação ambiental. O documento vai focar, ainda, as formas de orientação para os próximos anos com linhas gerais e direcionamento estratégico da APA e sua missão e visão de futuro até 2.028. A revisão do Plano de Manejo da APA do João Leite está orçada em R$ 750 mil, bancada com recursos do Fundo Estadual do Meio Ambiente.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Audiência pública pode determinar mudanças no Código do Meio Ambiente

07/03/2019

A Prefeitura e o Conselho Municipal de Meio Ambiente vão realizar uma audiência pública para discutir a revisão do Códig...

Projeto prevê o plantio de 87 mil mudas do Cerrado

29/11/2018

Pequi, guapeva, ipê roxo e amarelo, barriguda, araçá do cerrado, bálsamo e jatobá são algumas das espécies nativas do ...

Anápolis terá Centro de Produção de Mudas do Cerrado

23/11/2018

A Secretaria do Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima) assinou na últ...

Aprendendo com a natureza e revitalizando o Ribeirão Piancó

08/11/2018

Quem não se lembra, nos anos de 2014 e 2015, da severa crise hídrica vivida no Município de Anápolis? E, naquela mesma é...