(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Pista de moto no Parque da Cidade gera polêmica

Cidade Comentários 12 de agosto de 2016

Local teve intervenção de maquinário pesado para elaborar o traçado da pista, inclusive, colocando em risco nascentes do Córrego Antas


O que era para ser uma bonita festa esportiva, acabou se transformando num alvo de polêmica. Anápolis recebeu, nos dias 30 e 31 de julho último, uma etapa do Campeonato Brasileiro de Cross Country, uma competição onde os participantes, em motocicletas possantes, rasgam o traçado formado em pista ao ar livre com lama, mata e água. Até aí, tudo bem, não fosse o fato de o evento ter sido realizado no Parque da Cidade, que teve parte do calçamento da via de acesso e outros locais “rasgados” para a feitura do traçado, inclusive, passando perto das nascentes ali existentes, o que pode trazer prejuízos imensuráveis às mesmas. Parte do logradouro pertence a uma Área de proteção Ambiental.
Além do que, carros de som estacionaram em locais indevidos dentro do logradouro, que está numa Área de Proteção Ambiental. Foram vários os comentários sobre este fato nas redes sociais, lembrando que o tal evento foi promovido por empresas privadas. Infelizmente, embora se reconheça a importância do esporte, não é essa a finalidade do parque, que tem uma função social diferente e não pode ser utilizado, portanto, de forma a produzir estrago a um patrimônio público que é de toda a coletividade.
Membro do Conselho Municipal do Meio Ambiente, representando o segmento rural, Randerson Aguiar esteve no parque no dia da competição e registrou algumas imagens, que circularam pelas redes sociais, deixando muitas pessoas estarrecidas com os danos que foram flagrados no local.
Ao Jornal Contexto, Randerson Aguiar informou que pretende colocar este assunto na pauta da próxima reunião do Conselho do Meio Ambiente, que deve ocorrer no dia 22 próximo. Ele ressaltou que causou constrangimento o fato de o colegiado não ter sido informado sobre a realização deste evento no parque, sendo que, uma semana antes, houve uma reunião do colegiado e a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, poderia naquela oportunidade ter dado ciência de que haveria um evento de grande porte no Parque da Cidade.
O conselheiro observou que a construção da pista exigiu intervenções com máquinas pesadas, inclusive, junto a uma das nascentes do Córrego Antas, que teria ficado assoreada devido a esta intervenção. Além, ainda, da retirada de matas ciliares e outros danos no interior do parque. “Nós queremos saber quem vai se responsabilizar por isso: quem organizou o evento ou quem liberou?”, questionou Randerson Aguiar. “Anápolis precisa acabar com esta prática danosa de disfarçar tudo. Se tem que proteger o meio ambiente, vamos fazer isso de verdade”, disse, acrescentando que este é um posicionamento seu, mas que outros conselheiros o têm apoiado.

Outro lado
A redação do Jornal Contexto tentou, durante a manhã e a tarde de quinta-feira,11, entrar em contato com o secretário municipal de Meio Ambiente, João Batista Lacerda, para que ele pudesse se pronunciar sobre o caso. No início da noite, ele entrou em contato, e informou, apenas, que a referida pista de motocross no Parque da Cidade é homologada pela Federação Goiana.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...