(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

PF realiza campanha “carbono Neutro”

Meio Ambiente Comentários 01 de dezembro de 2012

Diferente das operações que têm sido divulgadas recentemente pela mídia, esta ação da PF tem caráter de responsabilidade sócio-ambiental


Contando com a participação de dezenas de alunos da Escola Municipal Betesda, do Jardim Esperança, a Polícia Federal promoveu na última quinta-feira,29, no bairro Polocentro II, em Anápolis, a campanha Carbono Neutro, que visa a compensação ambiental dos gases poluentes decorrentes das atividades desenvolvidas pela própria PF. Anápolis foi a única Cidade este na o a realizar o evento, que está na quinta edição, já com a marca de aproximadamente cinco mil mudas de árvores plantadas.
A campanha é realizada pela Polícia Federal, em parceria com o Porto Seco Centro-Oeste e a Prefeitura de Anápolis, através da Secretaria de Meio Ambiente. Nesta edição, foram plantas 400 mudas de Ipê, Mogno, Cedro, Baru e Paineira.
O superintendente da Polícia Federal em Goiás, Valdemar Tiago Moreira, veio participar da atividade que, segundo ele, é uma ação diferenciada da corporação, que tem ao longo dos anos ampliado a sua atuação em operações de combate aos crimes ambientais. “Aqui, estamos atuando de forma social”, disse, acrescentando que o programa foi criado há alguns anos, baseado em estudos sobre a quantidade de gases poluentes lançados na atmosfera decorrentes das atividades da Polícia Federal. Com isso, é feita a compensação ambiental através do plantio de árvores, como forma de reduzir os gases causadores do efeito estufa. Desde o início da campanha, no País, estima-se que já foram plantadas em torno de 50 mil mudas de árvores.
O secretário de Meio Ambiente, Álvaro Gonçalo, destacou que ao longo dos anos, o cerrado goiano tem sofrido muita degradação e que, campanhas como esta, ajudam não só a recompor a vegetação, mas também a promover a conscientização das pessoas em relação a necessidade de preservar esse bioma, muito rico em fauna e flora. O vice-prefeito João Gomes assinalou que o plantio das árvores se reveste de uma importância, pois está localizado numa área onde será implantado um dos maiores parques ambientais do Estado- o Parque da Cidade- que fica à margem do traçado da ferrovia Norte-Sul, no perímetro urbano do Município, o qual terá cerca de 1 milhão de metros quadrados. A obra foi paralisada, mas a expectativa é que no ano que vem seja retomada.
O advogado Maurício Hellou, que na ocasião representou o superintendente do Porto Seco Centro-Oeste, Edson Tavares, ressaltou que a empresa tem sido parceira da Polícia Federal nesta campanha, pelo seu grande alcance sócio-ambiental. “Esse é um compromissos que nós temos com a Cidade e com a população”, frisou. A solenidade contou também com a presença do Delegado Chefe da PF em Anápolis, Angelino Alves de Oliveira e do delegado Antônio José dos Santos, que coordena a campanha no Município.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Poluição de nascentes é denunciada na Câmara

09/11/2017

O vereador Pastor Elias Ferreira (PSDB) denunciou a poluição de nascentes localizadas nas proximidades da Avenida Brasil No...

Erosões comprometem o solo e a água potável do Município

28/09/2017

O acelerado processo de erosões em Anápolis compromete, não apenas, o solo, mas, também, todas as bacias hidrográficas e...

Limpeza preventiva de córregos

14/09/2017

Os córregos se contorcem diante do assoreamento que desidrata os cursos d’água nesse momento de estiagem. Mas para evitar...

Queimadas em vegetações e plantações estão têm registro de incidência na região de Anápolis

10/08/2017

Embora já se esteja em um período que favorece a sua ocorrência, a estação da seca ainda não provocou este ano grandes ...