(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

PF planta árvores no parque JK

Meio Ambiente Comentários 14 de novembro de 2009

Programa de compensação de emissão de gases poluentes é desenvolvido em todo o País pela Polícia Federal. Em Anápolis foram plantadas 300 mudas com a ajuda de crianças


A Delegacia Regional da Polícia Federal realizou na manhã da última quinta-feira, 12, em Anápolis, o segundo plantio de mudas nativas do Programa “Carbono Neutro”, que é realizado simultaneamente no Brasil com o objetivo de compensar as emissões de gás carbônico na atmosfera, provenientes das atividades administrativas e operacionais da PF. A iniciativa teve o apoio da Prefeitura Municipal, através da Diretoria de Meio Ambiente e Secretaria de Educação, além do Porto Seco Centro-Oeste.
O plantio foi feito no Parque JK, com 300 mudas de porte médio de várias espécies cedidas pela Diretoria do Meio Ambiente. O Porto Seco montou uma estrutura para receber os alunos de 3º e 4º anos da Escola Municipal “Dr. Anapolino Silvério de Faria”, com a distribuição de brinquedos, pipoca e refrigerantes. O evento contou com as presenças do Delegado Regional de Combate ao crime Organizado da Polícia Federal em Goiás, Emanuel Henrique Oliveira; do delegado da PF Antônio José dos Santos, um dos coordenadores do projeto; do prefeito Antônio Roberto Gomide e vários auxiliares; do superintendente do Porto Seco, empresário Edson Tavares, além de representantes do Tiro de Guerra e Corpo de Bombeiros.
O delegado Emanuel Oliveira ressaltou que o programa desenvolvido pela Polícia Federal, visando a compensação de gases poluentes, é precedido de um estudo técnico que define os parâmetros das ações nas delegacias regionais. “A estrutura que foi montada aqui em Anápolis pelo Porto Seco e pela Prefeitura Municipal é de fazer inveja às outras regionais”, elogiou.
Ainda em seu pronunciamento, Emanuel Oliveira designou o delegado Antônio José dos Santos para acompanhar, no município, o andamento do programa e também as ações da Polícia Federal, sobretudo, relacionadas ao narcotráfico que, segundo enfatizou, hoje é uma grande preocupação de toda a sociedade. Ele informou que este ano, em Goiás, foi apreendida uma tonelada de cocaína. O delegado ressaltou que, a partir de 2010, haverá um trabalho local de maior intensidade visando o combate ao tráfico de drogas.
O superintendente do Porto Seco, Edson Tavares, destacou que o apoio à iniciativa é uma ação que a aduaneira também realiza e faz parte da sua política de responsabilidade social. O prefeito Antônio Gomide assinalou que a Secretaria de Educação vem desenvolvendo, desde o mês de março, um trabalho de educação ambiental com as crianças da rede, incluindo o plantio de árvores nas unidades. E ressaltou que a Prefeitura está sempre à disposição para colaborar com a iniciativa de outros órgãos, como nesta campanha, para que a cidade tenha um crescimento sustentável e com boa qualidade de vida para a sua população.

2010: o ano do meio ambiente
Durante o evento realizado pela Polícia Federal, o Prefeito Antônio anunciou que 2010 será “um ano especial para o meio ambiente”. Segundo informou, até o final deste ano, o Parque da Matinha será entregue com os brinquedos totalmente reformados e novos. O Parque JK, onde foi realizado o evento, também recebeu melhoramentos e, no local, está em fase final de construção uma pista de skate.
Para o ano que vem, está prevista a revitalização do Parque Senador Onofre Quinan, inclusive, com a recuperação do alambrado. A Prefeitura também vai construir um novo parque na Avenida “Getulino Artiaga”, aproveitando o manancial do Córrego Catingueiro e o Parque Ecológico no antigo campo do Ipiranga (Veja matéria sobre o assunto). Ainda espera iniciar o Parque das Antas, com recursos que virão como contrapartida ambiental das obras que a Valec desenvolve no município da ferrovia Norte-Sul.
“Temos todos estes projetos para desenvolver no final deste ano e ao longo de 2010. Eles vão dar uma nova dimensão para Anápolis, nesta área do meio ambiente”, enfatizou Gomide. Na ocasião, ele fez questão de conclamar a população a participar dos projetos, ajudando na manutenção dos parques públicos. “Não é apenas fazer. Nós temos de cuidar e essa é uma responsabilidade de todos”, frisou.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Meio Ambiente

Ibama-DF promove fiscalização no lago de Corumbá

05/07/2018

Inspeção feita pelo Ibama do Distrito Federal no reservatório (lago) da UHE Corumbá IV, flagrou diversas infrações, com...

Número de queimadas já é maior que o do primeiro semestre de 2017

05/07/2018

Embora ainda não esteja em seu ponto crítico, o número de queimadas em Anápolis praticamente dobrou até o final de junho...

MP sugere área de proteção no Piancó

28/06/2018

Com o objetivo de aproveitar as tratativas para a aplicação de um novo modelo de gestão para a exploração dos serviços ...

Transposição de águas do Capivari para o Piancó não garante licença para novos condomínios

07/06/2018

A transposição de água do Ribeirão Capivari para o Ribeirão Piancó, onde ficam as bombas de propulsão que remetem a ch...