(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Passeata contra a violência doméstica

Geral Comentários 07 de agosto de 2009


Alertar a comunidade sobre um problema silencioso e que pode ser encontrado onde menos se imagina é o objetivo da Igreja Adventista do Sétimo Dia em deflagrar a campanha Quebrando o Silêncio, uma mobilização contra a violência doméstica. Em Anápolis, a iniciativa acontecerá no dia 22 próximo, com uma grande caminhada.
A concentração será na Praça Bom Jesus, às 10 horas. A passeata seguirá pela Rua General Joaquim Inácio até a Praça Americano do Brasil, passará pelas ruas Engenheiro Portela e Barão do Rio Branco até a Avenida Brasil. Deste ponto, as pessoas caminharão pela Avenida Goiás até a Praça Dom Emanuel, onde haverá uma série de atividades de lazer, saúde e cidadania, como: corte de cabelo; aferição de pressão arterial; noções de educação para o trânsito; doação de sangue; arrecadação de alimentos não-perecíveis; inscrição para o Bolsa Família; e um show infantil com a Turma do Nosso Amiguinho.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Município quita dívidas trabalhistas de ex-servidores comissionados

19/04/2017

A Prefeitura de Anápolis começa a quitar dívidas trabalhistas do município, que estão pendentes desde 2011, para ex-serv...

Ovos de chocolate com diferenças salgadas, aponta pesquisa do Procon

12/04/2017

O Procon de Anápolis divulgou a pesquisa sobre os preços de produtos para a páscoa- ovos de chocolate e caixas de bombons....

Projeto da sede do MP tem significativo avanço

12/04/2017

A proposta de se definir uma nova sede para as promotorias de Justiça em Anápolis (hoje funcionando em um edifício da Aven...

Advogados receberam a Caravana Nacional de Prerrogativas

07/04/2017

Morosidade do Poder Judiciário; desrespeito por parte de autoridades policiais, juízes, promotores; porte de arma; e até o...