(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Parceria visa melhor atendimento a hemofílicos

Saúde Comentários 15 de abril de 2011

Prefeitura e o Instituto Onco-Hematológico de Anápolis querem ampliar e melhorar o atendimento a pacientes hemofílicos e falciformicos da rede municipal


A Prefeitura Municipal e o Banco de Sangue Modelo de Anápolis (Instituto Onco-Hematológico de Anápolis), assinaram, na última quarta-feira, 13, um convênio para tratamento dos pacientes da rede municipal de saúde e membros cadastrados na Associação dos Hemofílicos e Falciformicos, portadores de coagulopatias hereditárias e outras doenças hematológicas. O evento aconteceu na sede do Instituto, no Centro.
A solenidade de assinatura contou com a presença do prefeito Antônio Gomide, do secretário municipal de Saúde, Roberson Guimarães, do presidente diretor do Instituto Onco-Hematologico, Eli Rosa da Silva, do presidente da associação dos Hemofílicos e Falciformicos de Anápolis, Aderbal Batista, do presidente da Câmara Municipal, Amilton Batista, do vereador Assef Naben, e servidores da instituição.
Por meio do convênio, o Banco de Sangue Modelo fica responsável pelo atendimento prioritário aos pacientes hemofílicos e falciformicos, conforme necessidade hospitalar, serviços fisioterápicos, fornecimento de medicamentos necessários e outros.
O secretário municipal de Saúde destacou que o convênio irá promover um melhor atendimento aos pacientes da doença. “Encontramos no Instituto um parceiro ideal para ofertar essa prestação de serviço. Temos expectativas de que essa parceria seja de sucesso e duradora”, constatou Roberson Guimarães.
O presidente da associação dos Hemofílicos apontou que a luta por um melhor atendimento é antiga, mas que somente na atual gestão foi possível a resposta para o anseio dos pacientes. “Desde o ano de 2000 estamos procurando uma forma de receber um tratamento mais humano. Agora sim teremos qualidade no atendimento e não precisaremos ir para outras cidades em busca de tratamentos”, enfatizou.
Eli Rosa disse reconhecer o esforço da atual administração em dar suporte aos hemofílicos e prometeu atuar de forma a suprir todas as necessidades do pacientes. “Quero que a Prefeitura tenha no Instituto a figura de um órgão dele mesmo. Vamos respeitar todas as necessidades e atuar de maneira a melhorar a qualidade de vida desses pacientes”, declarou.
O prefeito Antônio Gomide ressaltou a importância de prestar atendimento digno a todos os pacientes da cidade. Ele ressaltou que o convênio aproxima os hemofílicos da administração municipal, assim como já ocorreu com os doentes renais crônicos. “Estamos inserindo essas pessoas em uma rede que permite o melhor atendimento. Nos orgulhamos em assinar esse convênio e poder saber que estamos minimizando o sofrimento de quem busca o tratamento”, disse.

Atendimento
O convênio prevê que o município ficará responsável pelo cadastramento dos hemofílicos para o atendimento ambulatorial, com especialista em hematologia; disponibilização de exames periódicos aos cadastrados e demais. A iniciativa prevê padronizar o sistema de atendimento multiprofissional aos portadores de coagulopatias hereditárias, utilizando a especialização do Instituto Onco-Hematológico de Anápolis.
O objetivo é de que uma média de 100 pacientes recebam atendimento disponível 24 horas. Trata-se de mais um benefício para a população anapolina que antes não tinha acesso a esse atendimento na rede pública de saúde.
Para os portadores de doenças do sangue, o tratamento é de alta complexidade. Essas enfermidades podem ser hereditárias ou adquiridas, através dos processos que participam da formação das células sanguíneas ou nos próprios componentes do sangue.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Combate à “farra” dos cartões do SUS

17/01/2019

O Prefeito Roberto Naves anunciou que deverá enviar uma equipe técnica para conhecer o modelo de gestão de uma espécie de...

Secretário Municipal de Saúde faz “raio-x” nas unidades ligadas ao setor

17/01/2019

Avaliar de perto a realidade de cada uma das unidades da rede municipal e fiscalizar a prestação de serviços ao cidadão. ...

Crise na Saúde - Municípios estão em dificuldades sem os repasses do Estado

10/01/2019

De acordo com o Atlas da Eficiência da Educação (versão 2018) em Goiás, a gestão da educação em 213 municípios (93% ...

Verba para equipamentos na odontologia municipal

10/01/2019

Devido ao trabalho executado na área de saúde bucal, inclusive com a criação de 12 novas equipes em dois anos, a Prefeitu...