(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

paralisia: Vacinação Infantil é adiada

Saúde Comentários 21 de agosto de 2009


A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite foi adiada para no dia 19 de setembro, segundo nota divulgada na última quinta-feira, 13, pelo Ministério da Saúde. A data prevista inicialmente era para 22 de agosto.
De acordo com a gerente de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, Marly Malta Braga, a mudança nesta data atende a um pedido das secretarias de Saúde dos Estados em que houve aumento do atendimento nas unidades por causa de pacientes com sintomas de gripe.
A gerente de Imunização acrescenta que esta mudança não comprometerá a saúde das crianças nem o efeito protetor da vacina aplicada na primeira etapa da campanha, realizada em 20 de junho. As crianças que tem de tomar a dose de reforço devem esperar até o dia 19 de setembro e as que precisam da dose de rotina devem procurar os postos de saúde na data indicada no cartão de vacinação.
Oferecida gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS), a vacina contra a poliomielite está disponível durante todo o ano nos postos de saúde e é também oferecida durante as campanhas de rotina. Os bebês devem receber a vacina aos dois, quatro e seis meses. Aos 15 meses, as crianças recebem o primeiro reforço. Mesmo assim, é importante que os menores de cinco anos de idade tomem anualmente as duas doses distribuídas na Campanha Nacional de Vacinação contra Poliomielite.

Autor(a): Da redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Combate à “farra” dos cartões do SUS

17/01/2019

O Prefeito Roberto Naves anunciou que deverá enviar uma equipe técnica para conhecer o modelo de gestão de uma espécie de...

Secretário Municipal de Saúde faz “raio-x” nas unidades ligadas ao setor

17/01/2019

Avaliar de perto a realidade de cada uma das unidades da rede municipal e fiscalizar a prestação de serviços ao cidadão. ...

Crise na Saúde - Municípios estão em dificuldades sem os repasses do Estado

10/01/2019

De acordo com o Atlas da Eficiência da Educação (versão 2018) em Goiás, a gestão da educação em 213 municípios (93% ...

Verba para equipamentos na odontologia municipal

10/01/2019

Devido ao trabalho executado na área de saúde bucal, inclusive com a criação de 12 novas equipes em dois anos, a Prefeitu...