(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Palestras na ACIA: Especialistas falaram sobre pequenos negócios e comércio exterior

Geral Comentários 02 de outubro de 2015

Reunião contou com a presença de conferencistas que expuseram temas importantes para o empresariado


A realização do projeto denominado “Compre do Pequeno Empreendedor”, iniciativa do SEBRAE em todo o Brasil, foi tema de palestra na Reunião Ordinária de Diretoria da Associação Comercial e Industrial de Anápolis, na noite de quarta-feira, 30 de setembro. Outro assunto abordado na reunião foi o comércio exterior.


Para falar sobre a importância de se adquirir produtos e serviços dos pequenos empreendedores, foram convidados os representantes do SEBRAE, Georges Gustavo e Arildo Costa. O tema central da conferência foi “Dia de Compras dos Pequenos Negócios”, com os palestrantes fazendo um retrospecto de todo o projeto, assim como seus desdobramentos em Anápolis.


Arildo Costa enfatizou que durante a realização do evento, na última semana, registrou-se a participação de centenas de pequenos empresários, oportunidade em que ocorreram palestras sobre compras; rodadas de negócios, estratégias de vendas e outros temas ligados ao assunto. O evento contou com participantes de Anápolis e de várias outras cidades, inclusive de Goiânia. Durante sua realização foram promovidos sete cursos; 12 oficinas de 24 horas; 12 palestras; uma rodada de negócios e projetos afins. Participaram mais de 300 interessados, incluindo muitos produtores rurais.


O evento se desdobrou, ainda, em feiras, encontros em dois ambientes e exposição de produtos em praça pública. Foram registrados 1381 atendimentos presenciais e o relato do apoio da mídia regional, o que proporcionou a exposição do trabalho para mais de 35 mil pessoas. Os palestrantes Arildo Costa e George Gustavo anunciaram o fim da promoção para o dia cinco de outubro, em Goiânia.


Comércio Exterior


A segunda palestra da noite foi proferida pelo CEO Gilberto Lima Júnior, com vasta experiência em negócios internacionais, tanto no serviço público, quanto na iniciativa privada. Ele foi convidado a discorrer sobre “Competitividade Exportadora em Tempos de Crise” e, durante quase uma hora falou, com propriedade, sobre o assunto. Gilberto Lima disse que o Brasil e, em especial o Centro Oeste, tem grande potencial para se inserir no mercado internacional, mas está perdendo muito tempo. Alegou que nenhuma empresa goiana figura entre as ranqueadas em negócios exteriores, embora o potencial seja imenso.


De acordo com Gilberto Lima Júnior, exportar não é só internacionalizar. Trata-se de um processo complexo, mas que dá excelentes resultados. Segundo ele, a globalização permite oportunidade a todos, mas é preciso ousadia para se inserir no mercado internacional. Ele fez um comparativo do Brasil com Cingapura, país asiático de minúscula extensão territorial, mas que tem um dos maiores produtos internos brutos do mundo, devido, justamente, ao comércio exterior, com prioridade para a logística. Segundo ele, enquanto o Brasil produz 1,2 por cento da economia mundial, ao trabalhar com a bagatela de 10 bilhões de dólares/ano, Cingapura gira 900 bilhões.


No encerramento de sua palestra, Gilberto Lima Júnior propôs a criação de um projeto denominado “Anápolis Global” que sinaliza para a inserção de Anápolis no mercado internacional para se aproveitar toda a estrutura existente, assim como, agregar valores de toda a região de influência do Município. Ele citou o caso de Brasília, onde várias empresas que se iniciaram na economia local e, hoje, estão inseridas no mercado exterior com grande aceitação de seus produtos. De acordo com o especialista, Anápolis tem tudo para se consolidar, também, como grande centro de comércio internacional.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...