(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Pacote visa combater crise hídrica em Goiás

Geral Comentários 27 de maro de 2015

Anápolis integra ação do governo estadual que visa garantir a proteção dos recursos hídricos de Goiás, com investimentos do Governo Federal


Para celebrar o Dia Mundial da Água, lembrado no último dia 22, o Governo do Estado lançou um pacote de ações visando garantir a proteção hídrica em Goiás para os próximos anos. O anúncio foi feito em evento realizado nesta quinta-feira, 26, em Goiânia, e contou com a participação do prefeito João Gomes, da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, do presidente da Agência Nacional das Águas, Vicente Andreu, do governador do Estado, Marconi Perillo, entre outras autoridades.
Segundo o secretário estadual de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), Vilmar Rocha, o Estado autorizou, a partir de hoje, a abertura de editais que compõem a execução do Plano Estadual de Recursos Hídricos. “São dois programas que têm o intuito específico de incentivar os moradores das áreas rurais para que auxiliem na preservação das nossas nascentes”, pontuou.
O primeiro programa, denominado Produtor de Água, objetiva estimular o produtor a adotar práticas que contribuam para preservação das nascentes, melhoria da qualidade da água e redução da erosão na bacia do João Leite. O outro edital refere-se ao Fundo Estadual de Meio Ambiente (Fema) que busca proteger as nascentes através do reflorestamento de áreas degradadas, que beneficiará produtores de Anápolis e outras localidades. Ambos os programas têm investimentos de R$ 6 milhões.
O presidente da Agência Nacional das Águas, Vicente Andreu, fez referências da crise da água que o País vive. Para ele, a população precisa abandonar a cultura da abundância hídrica, mudar hábitos e deixar de procurar “vilões” para o desabastecimento, ao falar da irrigação. ”É possível aliar preservação hídrica e desenvolvimento”, disse. Também para a ministra Izabella Teixeira, mais do que elencar culpados pela crise, é preciso elaborar soluções para o tema. “Tenho certeza que estes editais beneficiarão todas as regiões de Goiás”, destacou a ministra.
O governador Marconi Perillo mencionou os investimentos realizados pelo Estado no setor hídrico. “Somos um dos únicos estados do Brasil que desenvolveram na última década, obras de impacto para garantir que tenhamos água em longo prazo”, afirmou, fazendo referência ao reservatório da bacia do João Leite, localizado entre Anápolis e Goiânia.
O prefeito João Gomes considerou importante o lançamento dos editais para beneficiar os produtores rurais que preservam as áreas das nascentes de suas propriedades. “Temos certeza que não é de interesse do produtor rural degradar, mas este reconhecimento do Estado é necessário, pois trata-se de uma remuneração justa”, destacou o prefeito. E finalizou: “Precisamos tratar o assunto da água com responsabilidade, pois é um recurso indispensável a todos nós”.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...